sábado, dezembro 16, 2006

Sugestão para a Consoada: Peru à Palácio de Belém

O Jumento sabe que José Sócrates já escolheu a iguaria gastronómica para a consoada na Residência Oficial de São Bento, não querendo fugir à tradição e aproveitando o facto de o peru já estar bem gordinho e querendo prestar uma homenagem a Cavaco Silva, o seu mais recente admirador, o prato vai ser "Peru à Palácio de Belém".

Trata-se de uma reinvenção de um prato que na Madeira é mais conhecido como Peru à Terceira República e a que alguns também chamam "Peru à Contenente", nos hotéis da Madeira também é servido como "Dindonneau Farci à Albertoô". O peru tem que ser criado na Madeira, pois lá são mais fáceis de engordar e apresentam a aquele ar rechonchudo que torna o bicho mais apetitoso. Convém também que seja morto por aquelas bandas, depois de bem embebedado com uns copos de poncha.

Escolhendo um peru bem gordinho, leva-se o bicho a passear por algumas tascas dando-se-lhe a beber uns valentes copos de poncha. Quando o bicho começar a confundir o Presidente da República com o elefante das moedas do Jardim Zoológico arrefinfa-se-lhe com um maço de Diários da República na crista e fim de se lha acabar com o pio.

Gordinho, bem temperado com a poncha e a perder o pio é a altura de o deixar bem depenado, ficará com um ar mais magro, mas não perderá o seu aspecto luzidio. Depois mistura o que sobrou do poncho, se é que o peru não o bebeu todo, com um copo de aguardente de cana da adega da Assembleia da República e incendeia-se, passando-se depois a criação por cima da chama para que fique bem depenado.

Já depenado põe-se em cima de uma tábua e dão-se-lhe vários cortes por baixo do orçamento, retirando-se o excesso de obras públicas, inaugurações, certificando-nos de que não trás sifões agarrados. Faz-se um corte sobre a mitra (sobrecu), comprimindo-lhe o ventre para deitar cá para fora todos os impropérios que ficaram por digerir. corta-se a ponta das asas para nos certificarmos de que não foge para o galinheiro da Buenos Aires. O peru está amanhado e pronto para ser levado ao forno.

Umas no Cravo e Outras Tantas na Ferradura

FOTO JUMENTO

Dia de Festa, Estarreja - Imagem do "Notícias da Aldeia" [Blog - Flickr]

IMAGEM DO DIA

[Ali Ali/EPA ]

«Apoio ao Hamas Duas simpatizantes do Hamas participam numa manifestação de apoio aos dirigentes daquele movimento palestiniano. A iniciativa, realizada hoje em Gaza, também foi um protesto contra a Fatah, numa altura de grande tensão entre as duas facções palestinianas. » [Público Link]

JUMENTO DO DIA


Ruralismo

Justificar uma reestruturação do ministério da Agricultura que implica uma redução de mais de 3000 funcionários com o argumento de que em Lisboa não há agricultores não é populismo, é bem pior do que isso, é um ruralismo inadmissível num ministro da Agricultura competente como é, de facto, Jaime Silva. Desde as deslocalizações de Santana Lopes que não ouvia argumentos deste género.

MARIA JOSÉ MORGADO À FRENTE DO CASO APITO DOURADO

A escolha de Maria José Morgado tem a vantagem de tornar fácil a previsão do que vai suceder, se tudo querer bem será candidata ao cargo de Procurador-Geral, se correu mal Foi porque o governo do PS (a direita é que é a grande combatente da luta contra a corrupção) que não proporcionou os meios adequados. É certo que com Maria José Morgado o apito dificilmente se calará.

COISA ESTRANHA

Há anos que toda a gente fala de evasão fiscal na zona franca da Madeira, mas foi necessário uma investigação conduzida pelo juiz Garzón em Espanha para que um banco tenha sido visitado naquela Região Autónoma.

TEMPO DE BALANÇO

O optimismo segundo António Vitorino:

«Se a essas prioridades corresponder um modelo de gestão desses fundos liberto da captura por interesses instalados e suficientemente ágil para corresponder às necessidades da inserção de Portugal na economia global, o ano de 2007 por muito difícil que seja poderá ficar como o começo de um novo ciclo económico e social para o nosso país. A abertura desse novo ciclo virtuoso que nos possibilita esta derradeira oportunidade europeia, contudo, só terá êxito se puder contar com o esforço, a mobilização e o empenhamento dos portugueses. Só assim o balanço de 2007 poderá ser mais optimista sobre a confiança no nosso próprio futuro! » [Diário de Notícias Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Afixe-se.»

O CORAÇÃO DO PROBLEMA

A crítica de Fernanda Câncio ao cartaz do "não":

«O que isto significa é que a campanha do Não tenta repetir o que fez em 1998: apostar na ignorância. O Não quer baralhar, desinformar, enganar. Quer reduzir a discussão à escolha entre o sim ao aborto e o não ao aborto, como se fosse essa a opção em causa. É desonesto, mas compreensível: é impossível explicar por que motivo elogiam a lei actual, que permite interrupções de gravidez às 24 semanas de fetos com trissomia, hemofilia, ausência de membros ou de olhos ou anões - fetos que não só têm um coração como apresentam cérebro e estão no limite da viabilidade - e falam de terminar uma gravidez de dez semanas como algo de muito pior. É por esse motivo que de cada vez que alguém os confronta com esta incorência os defensores do Não usam o termo "casos excepcionais" e recusam-se a falar deles, como da possibilidade legal de interromper uma gravidez até às 16 semanas desde que haja indícios de que esta resulta de violação. Dizem que não é isso que está em causa no referendo - mas fazem outdoors sobre corações que batem em embriões de dez semanas.» [Diário de Notícias Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Afixe-se.»

OS NOVOS BARÕES DO PSD

Constança Cunha e Sá analisa a barafunda que vai germinando no PSD:

«O problema é que o PSD, hoje, não é um partido: é um conjunto desordenado de interesses e de vaidades que finge umas ideias e revela uma pobreza medonha. À semelhança do seu verdadeiro chefe, o PSD "sério" e "recomendável", com pose de estadista e nome no mundo dos negócios, exige um "oposição responsável", capaz de elogiar o trabalho do Governo e a determinação do primeiro-ministro e de renunciar abnegadamente às suas diferenças políticas e aos seus objectivos legítimos. Por outro lado, o PSD "desqualificado" e "populista" do dr. Menezes e do dr. Santana Lopes defende uma oposição à sua medida: com murros na mesa, denúncias estridentes, pressões fulgurantes e moções de censura. Estivesse algum destes entusiastas à frente do partido e logo se veria como o PSD partiria em desfilada contra "as mentiras" do primeiro-ministro e as deficiências do seu Governo, levando tudo atrás de si, numa algazarra contínua e particularmente criativa. Estivesse, pelo contrário, um "estadista" dos finos, com provas dadas na sociedade civil e um estimável desprezo pelos corredores do partido, e perceber-se-ia, de imediato, as vantagens intrínsecas de uma união nacional determinada pelas regras da economia e apadrinhada pelo conhecimento técnico que escorre da Presidência da República. Infelizmente, por razões que todos consideram incompreensíveis, a liderança do partido foi parar às mãos do dr. Marques Mendes, um político sensato e competente que não pertence à nata da social-democracia. Como diz o dr. Sarmento, na sua doce arrogância, há políticos, como o dr. Marques Mendes, que não conseguem ser líderes: são bons para ser liderados, peritos na intendência diária e excelentes colaboradores de equipas bem chefiadas. Mas líderes, só em caso extremo de necessidade, quando ninguém de peso está para perder o seu peso nos anos difíceis que passam pela oposição.» [Público assinantes Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Afixe-se.»

POSITIVO

Os trabalhadores que ganhem menos de 570 euros mensais ficam isentos de custas judiciais nos processos de "trabalho":

«As taxas de Justiça serão gratuitas para os trabalhadores, em matéria de Direito de Trabalho, quando sejam representados pelo Ministério Público ou pelos seus sindicatos e desde que os seus rendimentos líquidos anuais, à data da acção ou à data do despedimento, não seja superior a oito mil euros por ano, o que dá 570 euros por mês. Ainda assim, a medida vai abranger cerca de dois milhões de trabalhadores (metade dos activos).» [Correio da Manhã Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Mandem-se os parabéns ao ministro da Justiça, ainda que achemos que o plafond é um pouco miserabilista.»

UM PARTIDO DE GENTE DE PRINCÍPIOS

O CDS:

«"Com o País como está a ser governado, o que Portugal precisa é de um CDS mobilizado, de um CDS a falar para fora, de um CDS que se quer Governo, seguramente de um CDS bem liderado", garantiu Nuno Melo acrescentando: "Trabalharei com todas as minhas forças para que assim seja, para que assim seja brevemente. Que 2007 possa ser este ano, em que tudo isto que desejamos para o CDS acontecerá", acrescentou o líder da bancada democrata-cristã.» [Correio da Manhã Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se a Ribeiro e Castro se e ele ou Paulo Portas que vai escolher o momento em que é substituído.»

U,A VERDADEIRA FLOR DE CHEIRO

A empresa que viu um loteamento duvidoso aprovado pela CM de Lisboa

«O departamento de combate à criminalidade económica da Polícia Judiciária tem pendentes várias investigações sobre os negócios de empresas do grupo Obriverca. Alegadas irregularidades praticadas pela construtora, em Odivelas e Vila Franca de Xira, estão também a ser investigadas pelo Ministério Público, enquanto a Inspecção-Geral de Administração do Território enviou para o Tribunal de Almada um processo em que recomenda a nulidade do licenciamento de um imóvel, construído na orla costeira de Sesimbra. Em Odivelas, os inspectores encontram ainda indícios de violação dos deveres municipais em obras da construtora. » [Diário de Notícias Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se ao eng. Carmona se sabia.»

CARLOS COELHO JÁ COMEÇOU A DAR LUCRO

Conseguiu a demissão de um vice-presidente da bancada parlamentar do PSD:

«Henrique de Freitas confirmou ontem na reunião da bancada a saída de vice-presidente e revelou a carta que escreveu há uma semana a dar conta dos motivos. Nela se pode ler-se que o "vice" da bancada não gostou que Marques Guedes tivesse cedido uma sala do partido na AR para uma reunião com a comissão temporária do Parlamento Europeu, depois de Jaime Gama ter negado a utilização da Sala do Senado. "O grupo parlamentar, ao receber a comissão temporária, nas condições em que o fez, cometeu um grave erro político, sinalizando de forma incorrecta a nossa posição de fundo neste assunto". "Os gestos de mera cortesia não são politicamente neutros."» [Diário de Notícias Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se a Carlos Coelho como se está a sentir.»

FOI CRIADA A GERAP

Para gerir os recursos humanos da AP, mas para já tem o "mercado" do ministério das Finanças assegurado:

«No entanto, o secretário de Estado da Administração Pública, questionado pelos jornalistas, esclareceu que os diversos ministérios não serão forçados a recorrer aos serviços desta empresa, podendo optar por propostas mais atraentes provenientes do sector privado. "Se conseguirem encontrar preços mais baixos no sector privado, os ministérios podem adquirir os mesmos serviços em outras empresas", disse João Figueiredo, lembrando que numa primeira fase, a partilha de serviços será aplicada no Ministério das Finanças com recurso obrigatório à GeRAP.» [Diário de Notícias Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se a João Figueiredo se sabe que a maior parte dos quadros do ministério das Finanças são demasiado especializados e com funções excessivamente sensíveis para poderem ser geridas por gente estranha aos serviços. Tem a obrigação de saber e se a ideia da empresa é viável já a escolha do seu ministério para experiências pedagógicas revela que o secretário de estado prefere "jogar em casa".»

UM ARGUMENTO DEMASIADO FÁCIL

O que foi usado pelo ministro da Agricultores para justificar a reestruturação do ministério:

«Esta é a consequência prática de uma das prioridades da reestruturação deste ministério: a descentralização. Partindo da evidência de que "os agricultores e pescadores não estão na Praça do Comércio [em Lisboa]", Jaime Silva vincou que "esta reforma é, antes de mais, descentralizadora", o que se reflectirá na localização dos serviços, sobretudo ao nível da investigação. Assim, a localização dos três laboratórios vai sair de Lisboa para Olhão (Pescas), Elvas (Agronomia) e Vila do Conde (Veterinária). » [Diário de Notícias Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se a Jaime Silva quantos agricultores trabalham em Bruxelas, a cidade onde estão os serviços da Comissão para a agricultura e onde ele próprio é funcionário. Alerte-se o ministro de que os argumentos do tipo provinciano e ruralista não o favorecem nada.»

O BES ESTÁ A SER INVESTIGADO NA MADEIRA

No âmbito da 'Operação Suéter':

«Garzon relacionada com branqueamento de capitais e evasão fiscal. A 'Operação Suéter' tem origem em Espanha e ramificações em Portugal e está no terreno há dez meses.» [Diário Económico Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «O Espírito Santo está em todo o lado mas, pelos visto, o juiz Garzón também.»

TEMOS PROCURADOR-GERAL?

Parece que sim:

«Maria José Morgado, a magistrada que se destacou pelo seu discurso irredutível contra a corrupção, vai ficar à frente de todos os processos relacionados com o Apito Dourado. O procurador-geral da República conferiu-lhe plenos poderes para montar uma equipa e gerir o processo da forma que entender. Maria José Morgado vai poder, por exemplo, reabrir processos já arquivados e instaurar novos sempre que ache isso conveniente. É quase como um renascer do processo, que será integralmente reavaliado, com excepção do processo que já se encontra na fase de instrução, no Tribunal de Gondomar. Ao atribuir este nível de prioridade, Pinto Monteiro coloca a fasquia alta quanto a um processo que, de arquivamento em arquivamento, ameaçava desmoronar sem que que nada de transcendente dele resultasse. Ao JN, o procurador-geral da República não exclui qualquer possibilidade, nem mesmo a hipótese de chamar a si a agressão ao socialista Ricardo Bexiga, à luz dos contornos trazidos a público pela ex- companheira de Pinto da Costa. Um livro que contribuiu para acelerar a medida ontem anunciada» [Jornal de Notícias Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Dê-se todo o apoio de que o PGR necessite.»

SOBEM DE TOM AS CRÍTICAS DO ALBERTO AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Nenhuma instituição da República está a salvo da impunidade de Alberto João:

«O presidente do Governo Regional da Madeira, Alberto João Jardim, avisou que o chefe de Estado poderá transformar-se "no orientador de estágio do engenheiro Sócrates" caso decida promulgar a Lei das Finanças Regionais e o Orçamento de Estado.» [Jornal de Notícias Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Recorde-se ao Alberto uma famosa frase do Almirante Pinheiro de Azevedo.»

A OPA DO BCP AO BPI ESTÁ A FICAR DIVERTIDA

Acho que Paulo Teixeira Pinto apanhou uma carrada de sarna com a ambição de comprar o BPI:

«Ao avançar sobre o BPI, o BCP poderá ter aberto a caixa de pandora, com o feitiço a virar-se contra o feiticeiro. Um analista interpreta a iniciativa da administração que apoia Ulrich como uma mensagem de descrença na gestão do BCP, que contribui ainda para desestabilizar a estratégia de Teixeira Pinto. Mas há ainda quem considere que, ao desafiar terceiros interessados a pronunciar-se, o BPI tornou o BCP mais vulnerável a uma OPA.» [Público Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Solicite-se um comentário ao PTP.»

PORTUGUESES SÃO DOS QUE MENOS DORMEM

Pudera, motivos para perderem o sono é coisa que não lhes falta:

«Dormir menos não significa aproveitar mais e melhor os dias, mas sim ter um raciocínio mais lento e correr risco de obesidade, hipertensão, diabetes e depressão, uma ameaça para cerca de um terço dos portugueses. Actualmente, não são só os adultos com falta de sono, mas também as crianças e os adolescentes portugueses estão a dormir cada vez menos, disse à agência Lusa Teresa Paiva, neurologista e especialista em medicina do sono.» [Público Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Crie-se o Dia Nacional do Sono.»

BARCELONA, CIDADE ANTI-TAURINA

A partir de 2008:

«La empresa Balañá, propietaria de la plaza de toros Monumental de Barcelona, tiene contratada la temporada taurina de 2007 pero, salvo que ocurra un imprevisto, ésa será la última en la que se celebren corridas de toros en Barcelona. 2008 será ya un año sin festejos taurinos. La decisión no guarda relación con la decisión del Ayuntamiento de declarar la ciudad como "antitaurina", sino con las pérdidas que genera cada festejo. Más de 24.000 euros por corrida. La noticia llenó de satisfacción al segundo teniente de alcalde, el republicano Jordi Portabella, que ha empezado ya a planificar usos para la plaza, de modo que la suspensión de los toros sea definitiva. Su proyecto es instalar en ella a los comerciantes de los Encantes (equivalente en cierto sentido al Rastro de Madrid), hoy situados en la vecina plaza de les Glòries Catalanes.» [El Pais Link]

DEZ MILHÕES DE MENINAS ASSASSINADAS NA ÍNDIA NOS ÚLTIMOS 20 ANOS

Por causa da tradição do dote:

«Diez millones de niñas han sido asesinadas a manos de sus padres en India en los últimos 20 años, bien antes o inmediatamente después de nacer, dijo el jueves una ministra del Gobierno, describiendo esa situación como una "crisis nacional".» [Reuters Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «»

TRINTA MINUTOS PARA MORRER POR INJECÇÃO LETAL

Na execução de uma pena de morte na Florida:

«Nieves Díaz, condenado a la máxima pena por un asesinato cometido en 1979, tardó esos 34 minutos en expirar porque padecía de una enfermedad en el hígado que le impidió a su organismo metabolizar con rapidez las sustancias químicas administradas, según fuentes oficiales. Sin embargo, los familiares del ejecutado cuestionan el procedimiento utilizado porque aseguran que Nieves Díaz no tenía ningún problema de salud.» [El Pais Link]

TRIBUNAL CONSTITUCIONAL ESPANHOL INOCENTA CONDUTOR ALCOOLIZADO

Porque não se provou que o álcool influenciou a condução:

«El Tribunal Constitucional (TC) ha amparado a un conductor que fue condenado como autor de un delito contra la seguridad del tráfico sólo con el resultado de la prueba de alcoholemia, al considerar que es necesario acreditar también cómo influía el consumo de alcohol en la conducción. En el control se le detectó un índice de alcohol en sangre de 2,32 y 2,34 miligramos por litro (el límite actual está en 0,5).» [El Pais Link]

ESCONDAM ESTA NOTÍCIA

Gestores espanhóis ganham em média 173.000 euros por ano:

«Los directivos españoles ganan, de media, 173.000 euros brutos anuales. Además, el 10% de los directores generales mejor pagados de las grandes empresas ganan más de 235.000 euros brutos , según un estudio de la consultora de recursos humanos ICSA y el portal Laboris.net.» [El Economista.es Link]

NO CÂMARA CORPORATIVA [Link]

Fui ler o comentário à posição do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público, a pior intervenção pública de um agente da justiça que já ouvi desde que vejo telejornais:

«Ouço e pasmo. Então não é que um coração tão sensível e uma alma tão delicada não se lembram sequer se Souto Moura foi ou não informado das perseguições? Afinal, Jorge Costa não dá tanta importância como isso às perseguições. Nem sequer se lembra se disse ou deixou de dizer que o colega magistrado é perseguido. E isso também mostra que não considerava as perseguições suficientemente graves para informar o procurador-geral da República.Em alternativa, só é possível que Jorge Costa esteja a aldrabar de propósito para branquear a responsabilidade do procurador-geral Souto Moura e culpabilizar o poder político.Mas a minha ideia é que ambas as hipóteses são verdadeiras. Jorge Costa e o SMMP, por um lado, não deram nenhuma importância, como deviam ter dado, às perseguições do colega, porque elas não tinham nenhuma utilidade política para as suas campanhas — e o procurador-geral Souto Moura sabia tão bem como os sindicalistas das perseguições a Carlos Teixeira e igualmente nada fez.»

AS FOTOS MAIS ESTRANHAS DA REUTERS [Link]

L'ATLAS CATALAN [Link]

CRASH INTO MALL

JOGO: MERCEDES AMG [Link]

Um jogo da Mercedes Benz.

PHONETICS [Link]

Uma página impressionante onde se ensina a fonética das línguas inglesa, espanhola e alemã.

DMITRIY KUKLIN [Link]

MACGREGOR ANDERSON [Link]

JUEGEN VON KIKOFF [Link]

ALEXANDER FEDOROFF [Link]

O PROTÓTIPO DO NOVO VW SCIROCCO

[ANTONIO COTRIM / EFE]

Apresentado na fábrica de Palmela [20 Minutos Link]

HÁ CURA PARA OS DIABETES?

Cientistas canadianos acreditam que sim:

«In a discovery that has stunned even those behind it, scientists at a Toronto hospital say they have proof the body's nervous system helps trigger diabetes, opening the door to a potential near-cure of the disease that affects millions of Canadians.» [National Post Link]

É PROIBIDO

[Gero Breloer / EFE]

Junto às Portas de Brandenburgo, em Berlim [20 Minutos Link].

MANIFESTANTE

[Alberto Estévez / EFE]

O membro de uma associação chamada "La Macabra" interrompeu desta forma a apresentação do plano cultural da edilidade de Barcelona [20 Minutos Link].

TREINO (BÉLGICA?)

ÂNGULO DIFÍCIL

[autor]

TUDO O QUE APRENDI COM A PORNOGRAFIA

TAG - TABACCO ACTION GROUP

ESCOLA DE ARTE DA FUNDAÇÃO JACK RORC

[2][3]

SOUTH AFRICAN RAPE CRISiS