terça-feira, agosto 25, 2015

Debater o país com os PAFalhões?

Alguém espera que um debate com Passos Coelho ou com Paulo Portas tenha um mínimo de seriedade ou que contribui para resolver um único problema do país? É óbvio que não, estes debates são o equivalente das lutas de galos e tal como estas até deviam estar proibidos. Assim sendo a decisão de Passos Coelho de se esconder para não levar umas bicadas acaba por ser positivas.
  
A lógica dos debates é simples, quem pode melhorar a imagem luta por debates, não admira que os pequenos partidos se batam por uma exposição mediática. Quem tem o controlo da comunicação social, está em queda e receia perder votos foge dos debates como o diabo foge da cruz. É essa a estratégia manhosa de Paulo Portas e de Passos Coelho, a sua intenção é reduzir os debates e só mudarão de ideias se perceberem que precisam deles para sobreviver.
  
Passos Coelho e Portas governaram como quiseram, tiveram um presidente obediente e desrespeitaram sistematicamente a Constituição, fizeram o que quiseram e lhes deu na gana. Não me parece que se justifique perder tempos a ouvir ideias que todos conhecemos, ainda por cima os PAFalhões nem sequer têm programa e mesmo que o tenham todos sabemos qual o valor da palavra desta gente.
  
Faz todo o sentido discutir oi país mas com gente que gosta do seu povo, que quer o progresso do país e que tenham as competências necessárias para darem contributos mais válidos do que a exibição da doença da esposa ou as intervenções esganiçadas. Portugal tem muita gente com quem fazer debates, não precisa da presença destes PAFalhões.

blog comments powered by Disqus