sábado, abril 07, 2007

Umas no cravo e outras tantas na ferradura

FOTO JUMENTO

Janela da Ribeira, Porto

IMAGEM DO DIA

[Stewart Cook - AP/IFAW]

«A sealer clubs a seal in St. Lawrence, Canada.» [Washington Post Link]

JUMENTO DO DIA


Privatizar a RTP?

Percebe-se agora todo o empenho de Pinto Balsemão a Marques Mendes, quer no plano partidário quer nos seus jornais e televisões, a proposta do PSD de privatizar a RTP é a factura colocada pelo militante n.º 1 ao presidente do PSD. Como de costume Marques Mendes revela uma grande falta de memória, só isso justifica que proponha agora a privatização da RTP, solução que nunca protagonizou enquanto foi membro do governo.

O desespero político de Marques Mendes que o leva a tudo, desde propor descidas extemporâneas de impostos à venda da RTP.

SERIA INTERESSANTE

Que cada engenheiro, jornalista ou político que emite opiniões sobre o novo aeroporto ou sobre outras questões técnicas fosse questionado sobre as suas habilitações para falar do tema, pode ser que esta venha a ser uma consequência da polémica levantada em torno da licenciatura de José Sócrates.

O CARTAZ DOS GATOS FEDORENTOS

A decisão da CML de retirar o outdoor dos gatos Fedorentos não me merece qualquer comentário, é uma decisão que está ao nível dos actuais dirigentes da pobre autarquia da capital, é uma decisão ridícula.

A verdade é que a direita é solidária com a extrema-direita, tudo o resto é conversa e perda de tempo.

CARTAZ E CARTAZ

«Há um senhor emproado que ousou dar a cara por essa ignorância e maldade. Há dias, ao DN, ele até disse que um imigrante só poderia ser português ao fim de cinco gerações. Isto é, ele expulsaria el-rei D. Duarte, D. Pedro, o infante D. Henrique, D. João e o Infante Santo, filhos da imigrante D. Filipa de Lancas- ter... Boa viagem, Ínclita Geração!» [Diário de Notícias Link]

Parecer:

O editorial do DN desmonta o cartaz da extrema-direita.

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Afixe-se.»

CAVACO PREOCUPADO COM LICENCIATURA DE SÓCRATES

«O Presidente da República reuniu-se esta semana, discretamente, com os seus colaboradores mais próximos para preparar as eventuais ondas de choque do caso Universidade Independente e a polémica em torno da licenciatura do primeiro- -ministro, José Sócrates. Segundo fonte de Belém, Cavaco Silva está muito preocupado com as consequências deste caso que, a avolumar-se, precisará de uma resposta política, com controlo de danos.» [Diário de Notícias Link]

Parecer:

O mais notável desta notícia é a supostas discrição da reunião de Cavaco Silva já que a mesma foi notícia em toda a comunicação social que até invoca fontes de Belém. O que seria se não houvesse discrição?

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sugira-se a Cavaco que fique tranquilo.»

PS: Afinal não houve reunião discreta:

«Uma fonte da Presidência da República negou à agência Lusa que Cavaco Silva se tivesse reunido com colaboradores para preparar uma resposta em caso de «danos colaterais» provocados pela polémica em torno da licenciatura de José Sócrates.» [Portugal Diário Link]

"COINCIDÊNCIA" INOPORTUNA

«O novo reitor da Universidade Independente (UnI), Jorge Roberto, trabalha na Caixa Geral de Depósitos (CGD) há 25 anos e, desde há alguns meses, na direcção de comunicação. Este é precisamente o pelouro de Armando Vara, indicado pelo Executivo para a administração do banco do Estado e licenciado em Relações Internacionais pela UnI.» [Diário de Notícias Link]

Parecer:

O mínimo que se pode dizer é que esta UnI tem uma influência muito superior à qualidade do seu ensino.

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se a Vara quais as recomendações que fez ao seu subordinado.»

DURÃO NÃO QUER REFERENDO AO TRATADO CONSTITUCIONAL

«A realização de um referendo em Portugal ao futuro Tratado europeu está longe de adquirida. O assunto está em discussão no Governo, que acompanha a par e passo os trabalhos preparatórios, tendo em vista o processo negocial do documento que sucederá ao Tratado Constitucional e onde ganha corpo a ideia de realizar o mínimo possível de referendos.» [Expresso assinantes Link]

Parecer:

Eu também não sou favorável à sua realização mas depois de saber da vontade de Durão quase mudo de opinião.

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sugira-se a Barroso que não se meta nos assuntos internos do país.»

AUMENTA A CONFUSÃO EM TORNO DA LICENCIATURA DE SÓCRATES

«Quatro colegas de curso de José Sócrates na Universidade Independente identificados pelo Expresso garantem só ter visto o primeiro-ministro nos exames das quatro cadeiras finais da Licenciatura, todos eles realizados pelo mesmo docente, António José Morais. “Chegava dez minutos depois da hora, sentava-se no fundo da sala, isolado pelo professor. Saía sempre antes da hora marcada para terminar o exame”, disse um dos estudantes, cujo depoimento foi confirmado por outro colega.

Estas declarações - feitas sob anonimato - contrariam os testemunhos até agora publicados de Carlos Gomes Pereira e Alberto dos Santos, também eles alunos daquela turma da Independente.

O Expresso obteve uma lista de nove alunos que compunham a turma frequentada pelo primeiro-ministro (Alberto dos Santos, António Campelo, Jorge Marques, José Veiga, Luís Lopez, Nuno Quelhas, Paulo Matias, Vítor Santos e Vítor Roque). Contactámos cinco deles. Curiosamente, nenhum dos alunos que agora prestou depoimentos ao Expresso se recorda de Carlos Gomes Pereira, que, aliás, nem sequer figura nesta lista. Gomes Pereira, que se intitula ‘engenheiro técnico’, foi o primeiro a prestar declarações públicas sobre o assunto, logo após a polémica em redor da licenciatura do primeiro-ministro, lançada pelo ‘Público’. Entrevistado, primeiro pelo ‘Correio da Manhã’ e depois pelo Expresso, Gomes Pereira garantia lembrar-se ‘‘de Sócrates lá estar, apesar de eu não ter sido muito assíduo. Naturalmente, tínhamos aulas juntos e fizemos exames juntos’’.» [Expresso assinantes Link]

Parecer:

Desta vez Sócrates enganou-se, a estratégia do silêncio não deu resultado.

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sugira-se a Sócrates que nos esclareça de uma vez por todas, antes que o assunto chegue ao Carnaval.»

UMA VERGONHA NA CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA

«Entretanto, há credores que se cansaram de esperar. Uma empresa que vende máquinas para limpeza de peças foi na semana passada às oficinas camarárias levantar aqueles equipamentos. As razões já se tornaram um hábito no município da capital: falta de pagamento. O director-geral da Codisa, Fernando Nogueira, escusou-se a dar pormenores sobre a situação, por não querer “comentar na praça públicas as relações com os clientes”.

Se a chegada de colaboradores daquela empresa às oficinas camarárias, situadas nos Olivais, provocou perplexidade entre os trabalhadores, já noutro ponto da cidade, perto da Serafina, a presença de elementos de outro fornecedor, em idêntica acção de resgate, deu mesmo azo a equívocos. “Pensámos que se tratava de um roubo”, disse ao Expresso uma funcionária da autarquia. Contudo, estava simplesmente a descrever o momento em que estranhos irromperam pelas casas de banho do Parque do Calhau e de lá retiraram caixas assépticas. Identificados os forasteiros e explicada a razão da visita, desfizeram-se os equívocos.» [Expresso assinantes Link]

Parecer:

Isto sucede numa autarquia gerida pelo mesmo PSD que tanto critica o atraso nos pagamentos do Estado cujo presidente anunciou há poucos dias que ia encomendar um estudo sobre a localização do novo aeroporto de Lisboa, estudo que só servirá para enviar para a comunicação social em poio da estratégia política de Marques Mendes pois a CML não tem competências neste domínio.

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Solicite-se comentário público a Marques Mendes, o "padrinho" de Carmona Rodrigues.»

ASSALTO ROCAMBOLESCO

«Aumentam os pormenores sobre o insólito assalto protagonizado por um português nos Estados Unidos, mas a história não fica mais verosímil, apenas se torna mais cinematográfica. Afinal, a paralisação a que foi sujeita parte de Miami Beach careceria de razão de ser. O homem que, pelo telefone, terá ameaçado matar reféns estaria em... Mangualde.

Primeiro acto: De Casal Vasco, Fornos de Algodres, saiu Paulo Almeida. No dia 27 de Março, o beirão, de 45 anos, entrou numa dependência do Commercial Bank of Florida com a cara à mostra, desarmado. Esforçou-se por estabelecer um contacto telefónico entre uma funcionária e um "amigo". Na versão do FBI, ao telefone, alguém terá dito em inglês: "Sua cabra estúpida, não sabes que é um assalto? Estou a ver tudo o que tu fazes." Paulo, que não fala inglês, sentou-se no sofá do lobby. À espera.Durante seis horas a fio, a polícia procurou o misterioso homem, que terá telefonado umas dez vezes e até ameaçado matar reféns caso não libertassem Paulo. O trânsito nas ruas adjacentes foi fechado, diversos edifícios foram evacuados. Segundo acto: Franck A. Rubino, o célebre advogado que representou Manuel Noriega, o líder do Panamá capturado pelos Estados Unidos em 1989, é contratado para defender Paulo. Sustenta que o cliente veio de férias e a pedido de um amigo deslocou-se ao banco para levantar uns documentos. Só tinha de encontrar uma funcionária chamada Linda e de a pôr em contacto com o amigo. Ele explicar-lhe-ia que documentos eram.» [Público assinantes Link]

Parecer:

Só a um patrício lembraria uma destas.

DEPOIS DE CASA ROUBADA TRANCAS À PORTA

«O ministro do Ensino Superior, Mariano Gago, anunciou ontem ter solicitado à inspecção-geral que proceda ao "esclarecimento cabal dos procedimentos de emissão de diplomas" na Universidade Independente (UnI) e do "apuramento e comunicação da informação estatística". A tutela pretende ainda saber quais os "procedimentos de equivalência para prosseguimento de estudos". Objectivo: "Dissipar a inaceitável suspeição generalizada que foi lançada". O comunicado foi emitido no dia em que surgiram mais dúvidas sobre o processo de conclusão da licenciatura do primeiro-ministro na UnI. Na edição de ontem do PÚBLICO noticiava-se que um estudo efectuado pelo Observatório da Ciência e do Ensino Superior, a partir das respostas das instituições, revelava que em 1996 não houve nenhum aluno diplomado em Engenharia Civil pela UnI. Dado que contraria outros documentos que indicam que José Sócrates concluiu o curso em Setembro de 2006.» [Público assinantes Link]

Parecer:

Esta posição do ministro Mariano Gago cheira a inabilidade, para além de ser tomada com atraso peca por visar apenas ma universidade privada, como se tudo estivesse bem nos outros negócios universitários onde cada aluno não passa de mais um cliente bem-vindo.

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Mande-se um raspanete o ministro.»

GLOBALIZAÇÃO GERA INJUSTIÇA NOS PAÍSES DESENVOLVIDOS

«O Fundo Monetário Internacional (FMI) reconheceu, pela primeira vez, que o processo de globalização e, em particular, o aumento da mão-de-obra disponível na economia mundial estão a acentuar a desigualdade na distribuição de rendimentos nos países mais ricos e a provocar contenção salarial.Num estudo integrado no relatório mundial de Primavera agora publicado, a entidade sedeada em Washington calcula que, durante os últimos 25 anos, a força de trabalho que compete nos mercados internacionais mais do que quadruplicou, com a maior parte da subida a registar-se já depois de 1990. A abertura das economias asiáticas e do Leste europeu ao exterior foram o principal motor deste aumento de mão-de-obra disponível e que é, na sua maioria, pouco qualificada.» [Público assinantes Link]

Parecer:

Depois de ter ouvido os argumentos do ministro da Economia e favor do investimento em Portugal nao esperava outra coisa.

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Dê-se conhecimento ao ministro do Trabalho.»

CHRIS JORDAN: RUNNING THE NUMBERS [Link]

Algumas estatísticas dos EUA em imagens.

FOTOLEY [Link]

DAVID LEBECK [Link]

SAMIGUY101 [Link]

JONPAUL DOUGLASS [Link]

WIKISKI [Link]

Para conhecer melhor o espaço.

COLGATE ADVANCED WITHENING

AXN

[2][3]

blog comments powered by Disqus