sexta-feira, agosto 22, 2014

Umas no cravo e outras na ferradura


 
   Foto Jumento
 

 photo _Cabeccedilo_zps56438516.jpg
     
Praia do Cabeço, Castro Marim
  
 Jumento do dia
    
Miguel Seabra, líder do PSD do porto

Para o líder do PSD há coligações políticas que são naturais e outras que não o são e neste grupo está a coligação que gere a autarquia do Porto. Dentro daquelas que o senhor considera serem naturais e, portanto, elogiáveis está aquela que une o PSD ao PCP na autaqruia de Loures. Bacoco.

«O presidente da concelhia do PSD/Porto alertou hoje ser "muito grande" a possibilidade de haver fraturas na autarquia local, uma vez que esta é gerida por uma coligação "anti-natura" formada por elementos "do CDS, ex-social democratas, socialistas e independentes".» [Notícias ao Minuto]
 
 Sugestão prática

Quem não recebeu dinheiro de Ricardo Salgado (o conhecido DDT - Dono Deles Todos) que levante o braço!
   
   
 "Grandes novidades" sobre o DDT - Dono Deles Todos
   
«A família Espírito Santo foi a principal financiadora da campanha de Cavaco Silva à Presidência da República em 2006, tendo doado 152 mil euros. Só Ricardo Salgado contribuiu com 22.482 euros, o máximo que a lei permitia, indica o Diário de Notícias.
  
Que Cavaco Silva e a família Espírito Santo mantinham uma relação próxima já se sabia. Pelo menos, desde que o Expresso deu conta de um jantar do Presidente da República na casa de Ricardo Salgado, em 2004. Mas só recentemente foram conhecidas as contas relativas às campanhas presidenciais de 2006, reforçando o vínculo entre o ainda chefe de Estado e o então responsável pelo BES.» [Notícias ao Minuto]
   
Parecer:

Mas que grande novidade! Eu até diria que a Quinta da Coelha deveria chamar-se Lugarejo do DDT!
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Dê-se a merecida gargalhada.»
  
 Passos adere ao Simplex
   
«O Governo está a “ultimar” um novo Orçamento Retificativo que espera poder aprovar na próxima semana, revelou esta quinta-feira o ministro da Presidência e dos Assuntos Parlamentares, Luís Marques Guedes. Segundo o Diário Económico, numa carta enviada ontem à presidente da Assembleia da República, a maioria pede que o debate na generalidade seja marcado a 4 de Setembro e que a votação final global aconteça no dia 11. A pressa justifica-se pelo pouco tempo que o Governo tem para que as novas medidas produzam efeitos orçamentais relevantes.» [Observador]
   
Parecer:

Temos um orçamento na hora.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sorria-se.»
     

   
   
 photo Rebeca-Cygnus-5_zpsdf8dffee.jpg

 photo Rebeca-Cygnus-2_zpsdbdfde38.jpg
 
 photo Rebeca-Cygnus-3_zps10b9687b.jpg

 photo Rebeca-Cygnus-4_zpsd8c5b7f5.jpg
 
 photo Rebeca-Cygnus-1_zps9112430f.jpg

 
 
 
     
blog comments powered by Disqus