domingo, agosto 24, 2014

Umas no cravo e outras na ferradura



   Foto Jumento


 photo _Gulb_zpsed4dd349.jpg

Flores do Jardim Gulbenkian, Lisboa
  
 Jumento do dia
    
Maria Luís Albuquerque

Dizem que a Maria Luís é muito competente, apesar dos seus parcos argumentos académicos, que seria de nós se não o fosse? Assim como sabe como vai pagar um crédito bancário de quase meio milhão de euros ganhando 3.000 € mensais também deverá saber como pagar uma dívida soberana cada vez maior e que já ultrapassa os 130% do PIB.

«Um dia depois de conhecidos os dados do Banco de Portugal relativos a Junho, e segundo os quais a dívida pública atingiu 134% do Produto Interno Bruto (PIB), o relatório mensal do IGCP revela que a dívida directa do Estado continuou a subir em Julho. Entre Junho e Julho, a dívida bruta cresceu mais 2 869 milhões de euros, situando-se no final do mês em 215,7 mil milhões.

Desde o início do ano, a dívida bruta do Estado, que não desconta os próprios depósitos do Estado, subiu quase 6%, o equivalente a 11,5 mil milhões. Só houve descida em dois meses.

Os números da Agência de Gestão da Tesouraria e Dívida Pública não são directamente comparáveis com os dados do Banco de Portugal. O banco central faz as contas à dívida pública na óptica de Maastricht que inclui todas as entidades, designadamente empresas, que estão no perímetro das contas públicas. Foi esta dívida que atingiu os 134% do Produto Interno Bruto em Junho, afastando-se cada vez mais das mais recentes metas do governo e da troika para este ano e que eram de 130% do PIB.» [i]
      
 O adversário de Costa é Rui Rio
   
«Nem António José Seguro, nem Pedro Passos Coelho. António Costa diz que o seu adversário é o ex-autarca do Porto, Rui Rio, porque “o país anseia por novos protagonistas”, tanto à esquerda como à direita. O presidente da câmara de Lisboa defende que não houve qualquer traição na sua candidatura e lamenta a campanha “repugnante” que tem sido feita contra si e contra os seus apoiantes dentro do partido. Sobre possíveis coligações, Costa não fecha a porta a Marinho e Pinto.» [Observador]
   
Parecer:

Costa tem razão, não vale a pena peder tempo com os putos do preparatório.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sorria-se.»
  
 Carros mais sujos do que as casas de banho
   
«Um estudo da Continental realizado pela Universidade de Birmingham concluiu que o interior dos carros britânicos é mais sujo que as casas de banho dos respetivos condutores. Compararam com as bactérias encontradas nos acentos dos automóveis e encontraram cerca de 100 fungos e bactérias, entre eles Salmonelas e E. coli, duas bactérias responsáveis, entre outras, por infeções do aparelho digestivo. E as cadeiras dos bebés são particularmente “sujas”, concluíram.


Um em cada cinco condutores limpa o interior do carro apenas uma vez por ano. O nível de desleixo é tal que o lixo encontrado dentro dos automóveis de 1 em cada 10 condutores britânicos foi a causa identificada como a responsável por acidentes — uma lata ou uma garrafa pode facilmente obstruir o pedal do travão, por exemplo. O estudo limitou-se a 20 veículos, mas o resultado poderá ser extrapolado.» [Observador]
   
Parecer:

Mas que grandes porquinhos...
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se se analisaram o carro que Passos levou para as férias.»

 Um bom negócio
   
«"O valor dos bens subtraídos e declarados por parte das vítimas em 5779 crimes ascende os 2.042.354,90 euros. Existe [ainda] uma cifra negra em relação ao valor declarado e o valor real dos bens subtraídos. Por vezes, as vítimas não atribuem valor aos objetos subtraídos", refere um relatório da Divisão de Investigação Criminal de Lisboa, datado de 22 de julho.

Analisando os dados do relatório, verifica-se que janeiro e fevereiro foram os meses em que ocorreram menos furtos (271 e 320 respetivamente), enquanto junho (613) e agosto (671) registaram o maior número deste tipo de crimes.» [DN]
   
Parecer:

Quem anda na Baixa de Lisboa já conhece os carteiristas de vista e não se entende a inércia da PSP.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se à PSP o quye tem feito para proteger os turistas e a imagem da capital»

 O bom trabalho do Opus Macedo
   
«Ao longo dos últimos anos, os hospitais privados têm vindo gradualmente a ganhar dimensão e peso em Portugal. Este ano, as unidades de saúde privadas estão mesmo a crescer a um ritmo superior ao habitual, “entre 15 a 20%”, revela o presidente da Associação Portuguesa da Hospitalização Privada (APHP), Artur Osório. Segundo os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística, em 2012 tinham quase 10 mil camas, uma oferta que corresponde a mais de um quarto da disponibilidade de internamento hospitalar do país.


Com mais de 25 mil colaboradores, as 105 unidades de saúde privadas são responsáveis, anualmente, por 5,5 milhões de consultas e 160 mil cirurgias, segundo os dados fornecidos ao PÚBLICO pela associação. Entre os seus clientes potenciais destacam-se os “2,5 milhões” de cidadãos que dispõem de seguros de saúde ou de subsistemas como o dos funcionários públicos, a ADSE. Só este último subsistema é responsável por 240 milhões da facturação, por ano.» [Público]
   
Parecer:

Ao mesmo tempo que passa a falsa ideia de que está superando a crise à custa das farmácias e das farmacêuticas o Opus Macedo vai desnatando o SNS de quadros e de utentes com recursos ou com sistemas de saúde.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Aguarde-se pelo fim do mandato do Opus Macedo para avaliar os estragos que fez.»

 Estes russos são uns malandros
   
«Os camiões oriundos da Rússia, que na sexta-feira atravessaram a fronteira com a Ucrânia sem autorização do país, começaram a sair na manhã deste sábado, de regresso a território russo. Um porta-voz militar em Kiev acusou no entanto a Rússia de estar a levar equipamento electrónico retirado de fábricas localizadas perto de Lugansk nos mesmos camiões.» [Público]
   
Parecer:

Kiev tem muita imaginação na hora de fazer acusações à Rússia e a senhora Merkel parece gostar.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se se já se sabe quem abateu o avião malaio.»

 Exaustão devido a excesso de asneiras?
   
«O governador do Banco de Portugal esteve afastado do trabalho nos últimos dias, em descanso por recomendação médica.

O diagnóstico não levantou preocupações mas apontou para exaustão, devida ao esforço intenso dos últimos meses, nos quais Carlos Costa esteve em permanente alerta, no centro da crise no BES.


Na noite em que, há duas semanas, anunciou a resolução no BES, o cansaço de Costa foi notado, após um fim de semana de maratona em passo de sprint a montar a operação. Carlos Costa estará de regresso esta semana.» [Expresso]
   
Parecer:

O senhor deve estar mesmo cansado.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Desejem-se as melhoras ao senhor.»
 
 Azar comercial
   
«Uma marca britânica de roupa interior pediu hoje desculpa depois de ter lançado no mercado uma linha com o nome Isis, a sigla conotada com o grupo jihadista ultra-radical que controla partes do Iraque e da Síria.

Uma porta-voz da marca Ann Summers garantiu que os nomes das suas linhas de roupa interior são escolhidos meses antes do respetivo lançamento, afirmando que Isis é o nome de uma deusa egípcia ligada à fertilidade e à maternidade.

ISIS é a sigla em inglês de "Islamic State in Iraq and Syria", o grupo jihadista Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL) que em junho lançou uma ofensiva no norte do Iraque e declarou um califado, assumindo a partir de então a designação de Estado Islâmico.» [Notícias ao Minuto]

   
   

 photo Kostas-Kappa-2_zps046311f5.jpg

 photo Kostas-Kappa-4_zps588adfa2.jpg

 photo Kostas-Kappa-3_zpsd0f82d5b.jpg

 photo Kostas-Kappa-1_zps059ee421.jpg

 photo Kostas-Kappa-5_zps3685a246.jpg
  
blog comments powered by Disqus