sexta-feira, agosto 26, 2016

Umas no cravo e outras na ferradura


  
 Jumento do dia
    
Passos Coelho

Passos Coelho tem uma grande dificuldade em respeitar a linha que separa a verdade da mentira e continua a ajeitar a realidade em seu favor. Durante quatro anos contou com os jornalistas amigos para seguir uma estratégia assente na mentira, por isso ainda não percebeu que os tempos são outros.

«O presidente do PS/Açores, Vasco Cordeiro, acusou na quarta-feira à noite, o líder do PSD, Pedro Passos Coelho, de mentir sobre as negociações do novo modelo de transportes aéreos da região.

"Não é verdade que tenha sido o Governo da República do PSD a convencer o Governo Regional do PS do que quer que seja. Foi o Governo Regional do PS que tomou a iniciativa de propor uma alteração ao modelo de acessibilidades aéreas à nossa região. E também é verdade que essa proposta esteve parada três anos nas gavetas do Governo da República e que só quando o ministro deixou de ser do PSD é que o assunto evoluiu e se resolveu", frisou.

Vasco Cordeiro falava na Praia da Vitória durante a apresentação da lista do PS pelo círculo eleitoral da ilha Terceira às eleições legislativas regionais de 16 de outubro, em reação a declarações de Pedro Passos Coelho, que está de visita aos Açores.

Em São Miguel, o líder do PSD disse que o anterior Governo da República "demorou um certo tempo a persuadir o Governo Regional" de que o modelo adotado seria uma boa opção, alegando que o executivo açoriano "estava mais fixado na ideia de que era preciso remunerar mais as obrigações de serviço público".» [DN]

 Coisas estranhas

Um conhecido do PSD vem perguntar-me sobre uma eventual remodelação governamental, sugerindo que o ministro das Finanças estaria de saída. Achei estranho, ainda que em érias tinbha acompanhado as notícias e não dei por qualquer sinal de mal-estar no governo que sugerisse uma reestruturação.
  
Um dia depois assisto a um ataque ridículo a Mário  Centeno por parte do ainda líder do PSD. Foi então que percebi, depois de anunciar uma desgraça nacional em Setembro parece que o traste de Massamá quer inventar uma demissão do ministro das Finanças. O governo é que é a geringonça, mas quem anda aos solavancos é o califa de Massamá.

      
 Outra vez os amarelinhos da sub subsidiodependência
   
«"Os colégios estão a cumprir os contratos celebrados com o Estado português que previam a abertura de turmas durante três anos letivos - o passado, este e o próximo. O que o governo fez foi romper os contratos. Judicialmente, a única arma que temos são as providências cautelares e as ações principais, que avançarão em breve", disse Rodrigo Queirós e Melo, em declarações à agência Lusa.

O Ministério da Educação anunciou que em 2016-2017 haverá um corte de 57% no financiamento das turmas de início de ciclo nos colégios privados com contrato de associação, admitindo financiar apenas 273 turmas, contra as 656 subsidiadas em 2015-2016 em 79 estabelecimentos particulares.» [Notícias ao Minuto]
   
Parecer:

Desta vez a direita não se incomodou com a sub subsidiodependência.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sugira-se aos senhores que esqueçam o pilim dos contribuintes.»
  
 Outro a ver cagarras
   
«Marcelo Rebelo de Sousa partirá depois para o Funchal, de onde embarcará para uma visita às ilhas Desertas a bordo do Navio da República Portuguesa (NRP) "D. Francisco de Almeida".

No regresso, haverá um briefing sobre a proposta nacional de extensão da plataforma continental.

Após a visita às Desertas, Marcelo Rebelo de Sousa regressa ao Funchal onde participará num jantar solidário a favor dos bombeiros da Madeira.» [Notícias ao Minuto]
   
Parecer:

As Selvagens é uma espécie de Fátima parta as peregrinações presidenciais.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sugira-se a Marcelo que vá ver os flamingos ao Montijo, ficam mais baratos do que as cagarras das Selvagens.

 Finalmente
   
«"Acho um pouco estranho esse anúncio. Não posso levar muito a sério, porque o interlocutor do Governo nacional é o Governo Regional. Se isso [informação sobre a linha de crédito] foi feito a nível partidário, eu desconheço", disse hoje Miguel Albuquerque, comentando as declarações de Carlos Pereira, feitas na quarta-feira após uma reunião com o secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson Souza.» [Notícias ao Minuto]
   
Parecer:
Finalmente o PSD-Madeira distingue partidos de Estado.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sorria-se.»

 E a geringonça lá vai andando
   
«Até julho deste ano, o défice das Administrações Públicas (AP) diminuiu 543 milhões de euros face ao mesmo mês do ano passado. De acordo com um comunicado do ministério das Finanças sobre a síntese de execução orçamental de julho de 2016, esta redução decorre de um aumento da receita de 2,8%, superior em 1,5 pontos percentuais ao crescimento da despesa.

A melhoria do défice, lembram as Finanças, mantém a evolução favorável observada desde o início do ano, excedendo mesmo o valor previsto no Orçamento do Estado de 2016.

O saldo primário das administrações públicas registou um excedente de 316 milhões de euros, traduzindo-se numa melhoria de 901 milhões de euros face ao mesmo período de 2015.» [Expresso]
   
Parecer:

Sem dramas, sem alarmes, sem desvios colossais, sem chantagens, sem dramatismos, um país tranquilo.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Aprove-se.»

 O forró continua
   
«Os jogadores e equipa técnica que se sagraram campeões do Europeu do nosso contentamento vão receber as insígnias da Ordem de Mérito das mãos de Marcelo Rebelo de Sousa no próximo dia 31 de agosto, pelas 18h30, no Salão Nobre da Câmara do Porto. Na cerimónia estarão ainda presentes o anfitrião Rui Moreira e Fernando Gomes, que quis com a escolha da sua cidade natal homenagear as gentes do Norte.

“O Porto é uma grande cidade, um grande povo, e era fundamental que nós pudéssemos estar aqui”, conforme já referiu o presidente da FPF. Após a cerimónia, que tem lugar na véspera do jogo amigável com a seleção de Gibraltar, no Bessa, os heróis de França vão saudar os portuenses da varanda principal dos Paços do Concelho, que poderão seguir em direto a condecoração através de ecrãs gigantes instalados na Praça General Humberto Delgado.» [Expresso]
   
Parecer:

Há aqui algum exagero.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Dê-se a merecida gargalhada.»
  
blog comments powered by Disqus