quinta-feira, agosto 20, 2015

Umas no cravo e outras na ferradura



   Foto Jumento


 photo _Praia_zpsbnugi82o.jpg

Praia do Cabeço, Castro Marim
  
 Jumento do dia
    
Ulrich, o senhor "Ai aguentam, aguentam!"

Fernando Ulrich é a face mais miseráveol da nossa classe de banqueiros tesos, um grupo que apoiou activamente todas as medidas de austeridade sabendo que uma boa parte delas era em seu benefício e em consequência da sua incompetência como gestores. Depois de ter perdido milhões com a especulação da dívida grega o senhor "ai aguentam!" anda agora às voltas com o buraco angolano.

«As novas regras de exposição dos bancos europeus a países terceiros, grupo onde se inclui Angola, impostas pelo Banco Central Europeu (BCE) colocaram no radar a posição de 50,1% do BPI no Banco de Fomento Angola (BFA). O BPI é maioritário e a exposição do BFA a ao Estado angolano e ao Banco Nacional de Angola é grande e vai pesar nos rácios.

Entre os diversos cenários possíveis para o BPI, liderado por Fernando Ulrich, ultrapassar a situação estão a venda ou a redução da posição ou ainda um entendimento com o BCE relativamente à forma de ultrapassar a contabilização da exposição a Angola. A compra do Novo Banco seria uma forma de o BPI ficar maior e, como resultado, diluir a exposição a Angola.» [Expresso]

      
 É uma pena que o papagaio não fale português
   
«Há um papagaio que teve problemas com a autoridade. Na cidade indiana de Rajura, do Estado de Maharashtra, a polícia local deteve um papagaio por “berrar obscenidades” a uma idosa de 85 anos. Além disso, a senhora culpou o seu enteado, o dono do animal, de ensinar o pássaro a insultá-la.

Após as acusações, a mulher queixosa, Janabai Sakharkar,  foi chamada à esquadra, juntamente com o seu enteado, Suresh, e o papagaio. Enquanto esteve sob custódia policial, o papagaio não prestou declarações.

“Tenho sido assediada nos últimos dois anos. Ao ver-me, o papagaio começa logo a proferir palavras obscenas. Foi por isso que eu fiz queixa à polícia três vezes nos últimos dois anos. A polícia reuniu-me com o papagaio e com Suresh na esquadra. A polícia deveria investigar e apreender o papagaio”, disse a senhora de 85 anos à televisão indiana Zeenews.» [Obervador]
   
Parecer:

Eu ensinava-o a chamar umas coisas ao Cavaco, ao Coelho e ao Portas.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sorria-se.»
  

   
   
 photo Sergey-Titov-2_zpsada3hush.jpg

 photo Sergey-Titov-4_zpse1acack9.jpg

 photo Sergey-Titov-3_zpsbdy0smiq.jpg

 photo Sergey-Titov-5_zpsrqa4kuzr.jpg

 photo Sergey-Titov-1_zpsoiakkemh.jpg
  
blog comments powered by Disqus