quarta-feira, julho 23, 2014

Boa Crato?

Já podemos ficar descansados com a qualidade dos nossos professores, agora estamos certos de que os professores de filosofia sabem a tabuada e que os de ginástica não se enganam quando lhes perguntam onde fica Évora, os nossos professores já não são a vergonha dos nossos avozinhos com a terceira classe e se fossem a um programa de televisão onde fossem confrontados com crianças em provas de conhecimento manipuladas haveria uma razoável probabilidade de não fazerem figura de ursos.
  
O nosso Crato é um espertalhão, apanhou a maralha a fazer as malas para irem de férias e trás, venham cá fazer a prova antes que o Mário Nogueira tenha tempo de enfiar com mais uns processos judiciais ou de convocar uma reunião do comité central. Resultado, a contestação mal deu para três escolas, as necessárias para organizar um mini boicote, com recurso a apitos e banzé, uma cada estação de televisão. Os professores foram apanhados e lá fizeram o exame da tabuada, para alegria do Crato e do PSD que não perderam tempo para festejarem a sua grande vitória.
  
Parece que esta cultura de associação de estudantes não é um exclusivo do Tozé, ou será que o Crato foi à arrecadação procurar o seu livrinho vermelho de Mao para organizar esta operação de guerrilha? O certo é que o PCP foi apanhado na curva e o Seguro nem se deu ao trabalho de comentar pois anda ocupado com a sua campanha, o pessoal da UGT juntou uns quantos sindicalistas para que o agora ruralista  que odeia as cortes de Lisboa deese um ar de grande líder social-democrata.
  
A luta política em Portugal e a própria governação parece-se cada vez mais com uma luta de pirralhos nas associações de estudantes do ensino preparatório. O nível intelectual é o mesmo, os esquemas e golpe não diferem muito, a estatura dos intervenientes não apresenta diferenças. Tudo se decide na base de truques, os cidadãos são ludibriados para melhor aceitarem as medidas, os governantes comportam-se como uma mistura de guerrilheiros e de ilusionistas.
 
 
blog comments powered by Disqus