sexta-feira, maio 16, 2014

Umas no cravo e outras na ferradura


 
   Foto Jumento
 

 photo _Serpa_zps5c84c264.jpg
     
Serpa
  
 Jumento do dia
    
Assunção Esteves, desconectada parlamentar

Depois do discurso do inconseguimento já nada se estranha nem entranha na presidente do parlamento, cargo a que chegou graças ao espetanço do agora quase anónimo presidente da AMI, não admira que convida para as jornadas parlamentares da saúde uma vidente especialista na terapia da alma e que a crer na Wikipédia é uma especialista em limpeza espiritual e electricista das conexões com o Eu Superior, para além das conexões directas com Jesus que promete no site, conexões que não deverão ser com Aquele que está à direita de Deus, mas com aquele que esteve no inferno de Turim, ainda que por estes dias ande mais ocupado a conectar-se com o Cardoso na esperança de lhe curar o pontapé do que a ajudar nas limpezas da Alexandra Solnado.

O que nos vale é que a convicções religiosas do Dr. Macedo são uma garantia de que o Professor Karamba nunca terá um lugar de direcção clínica de um hospital público, senão ainda veríamos o parlamento a sugerir ao governo a nomeação da vidente para ministra da Saúde Adjunta.

«"As memórias de vidas passadas podem interferir na saúde e a limpeza dessas memórias pode ajudar" ao bem-estar. A questão é hoje o tema de uma palestra de Alexandra Solnado na Assembleia da República, uma iniciativa integrada nas Jornadas da Saúde que estão a decorrer no parlamento.

Alexandra Solnado - "terapeuta da alma" que tem vários livros que alega terem sido ditados por Jesus - anunciou a conferência no Facebook e o i confirmou que a palestra está marcada para hoje à tarde no auditório novo da Assembleia da República. É aberta a todos os que trabalham no Palácio de São Bento, sejam funcionários sejam deputados (do exterior só por convite). A conferência integra-se na 5.a edição das Jornadas da Saúde, que decorrem de 5 de Maio ao final desta semana e incluem dezenas de actividades em vários espaços parlamentares, entre rastreios, check-ups, conferências e workshops.

O i apurou que o convite a Alexandra Solnado partiu da Direcção de Recursos Humanos do parlamento, responsável pela organização das Jornadas. No Facebook, Alexandra Solnado dá conta da surpresa com que recebeu o convite: "Numa iniciativa inédita e ousada, é de assinalar e salientar este convite da Assembleia da República", "É um positivo sinal de evolução que acompanha a tendência destes novos tempos e que já atinge uma instituição tão reconhecida". Ao i Alexandra Solnado explicou que a palestra de hoje será sobre "como as memórias das vidas passadas interferem na saúde" e como a "limpeza das memórias" pode contribuir para a saúde e o bem-estar. E invoca a sua experiência neste campo: "Sessenta mil atendimentos." Quanto ao convite diz que revela uma "abertura incrível".»  [i]

PS: Parece que Assunção Esteves deu lugar a mais um dos seus inconseguimentos e optou por desconectar o parlamento de Jesus. Enfim, depois da criaçõ da jantarada do núcleo do Sproting pode ser que o Parlamento consiga uma ida do Jesus de cá de baixo falar de políticas de saúde aos nossos interessados deputados.

«A Assembleia da República cancelou esta quinta-feira a palestra de Alexandra Solnado sobre “vidas passadas”, no âmbito das Jornadas da Saúde. 

Alexandra Solnado anunciou o cancelamento na sua página do Facebook. “Não faz mal. Fazemos a festa noutra altura”, escreveu a terapeuta.» [CM]
   
   
 Está explicada a importância da embaixada medieval a Pequim
   
«A taxa de desemprego no conjunto dos 34 países membros da OCDE manteve-se em março, pelo terceiro mês consecutivo, nos 7,5%, com 45,9 milhões de pessoas à procura de emprego, segundo dados da organização hoje divulgados. Portugal mantém-se com a terceira taxa mais elevada entre os países membros da organização.

Em março, a taxa de desemprego no conjunto dos países OCDE manteve-se estável nos 7,5% (igual a janeiro e fevereiro) apesar de haver menos 4 milhões de desempregados do que no pico registado em abril de 2010, mas mais 11,3 milhões de pessoas do que em julho de 2008.»  [DN]
   
Aparentemente:

Quando regressar à Merdaleja Cavaco poderá anunciar a criação de vinte lugares de hospedeiras de bordo em resultado da criação da linha aérea entre Lisboa e a China.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Aguarde-se pelas boas novas de Cavaco Silva.»
  
 Comissão volta à chantagem sobre o TC
   
«"Se Portugal mantiver a implementação das reformas necessárias mas algo correr mal na conjuntura externa e as dificuldades se deverem a isso, Portugal tem o direito de pedir uma linha cautelar", disse hoje fonte comunitária, quando questionada sobre se o Governo poderá recorrer à linha de crédito preventiva, caso a saída limpa corra mal.
No entanto, acrescentou, "se as coisas começarem a correr mal por questões internas e se adoptarem medidas menos saudáveis, aí a discussão é outra, seria mais difícil, sobre um outro programa e não um cautelar".

O responsável europeu foi ao encontro do que o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, disse há uns dias em entrevista ao Expresso, quando admitiu que Portugal poderá ter de recorrer a um novo programa, caso não consiga a saída limpa. 

O aviso de Bruxelas surge numa altura em que as autoridades internacionais receiam que, com a saída da 'troika', o ímpeto reformista do Governo abrande, ainda mais tendo em conta as eleições legislativas do próximo ano. A mesma fonte admitiu que "sempre que há eleições, há risco político", mas mostrou-se esperançada que o país mantenha o rumo do ajustamento. "Há uma compreensão geral de que não pode haver um regresso ao passado", disse.»  [DE]
   
Aparentemente:

Era de esperar que a Comissão fizesse o frete de se substituir ao governo.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Mande-se a Comissão mais o Barroso à bardamerda.»
   
 O governo está tranquilo com queda do PIB
   
«O ministro da presidência disse hoje que o Governo vê com "tranquilidade" a queda de 0,7% do PIB no primeiro trimestre, face ao anterior, porque se deve a fatores que não se vão prolongar pelo resto do ano.

"O que convém reter é a continuação do crescimento económico, e em linha com as previsões do Orçamento de Estado para 2014", afirmou Marques Guedes no final do Conselho de Ministros de hoje.


Marques Guedes disse que "a oscilação" registada no Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre "deve-se, no ponto de vista do Governo, a fatores conhecidos como o encerramento da refinaria da Galp ou a diminuição de produção na fábrica da AutoEuropa.»  [Expresso]
   
Aparentemente:

Não era de esperar outra coisa de um governo que durante quase três anos desprezou a importância do crescimento optando por curar a economia com recessão e desemprego.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Espere-se pelo regresso de Pires de Lima, ele é que é o santo milagreiro da economia e mal regresse a coisa vai lá.»
   
   
 Mais boas novas do ajustamento
   
«O Banco Bilbau e Viscaya (BBVA), que chegou a ter mais 150 balcões espalhados pelo país, colocou à venda os atuais 83 estabelecimentos onde ainda opera. A notícia, avançada esta quinta-feira pelo jornal "El País", aponta a "falta de rentabilidade" e os "consecutivos prejuízos" que se foram acumulando nos últimos três anos, chegando aos 133 milhões de euros, como as causas que levaram à decisão do banco de desinvestir em Portugal.

A semana passada ficou também a saber-se que o Barclays quer sair de Portugal. O banco britânico também pondera vender o seu negócio em Portugal.


De acordo com a notícia de hoje do diário espanhol, o BBVA recorreu ao banco Nomura para que sejam encontrados interessados na compra do negócio. Contudo, sabe o Expresso que o BBVA se encontra num processo de consulta para a venda da operação em Portugal e que um dos principais interessados poderá ser o Crédito Agrícola.»  [Expresso]
   
Aparentemente:

Pode ser que algum chinês que tenha ouvido a Kátia Guerreiro esteja interessado num banco tuga.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se a Cavaco se já está informado de alguma coisa.»
   
 Começou o saque na Ucrânia
   
«O filho mais novo do vice-presidente dos Estados Unidos, Hunter Biden, entrou esta semana para a administração da Burisma Holdings, a maior empresa privada de petróleo e gás da Ucrânia, conta hoje o Diário Económico. Uma decisão que está a provocar polémica em Washington que, por sua vez, tem tido um papel ativo na mediação diplomática da crise ucraniana.  [Notícias ao Minuto]
   
Aparentemente:

É o preço do apoio ao golpe de Kiev.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Lamente-se.»
   
 Uma piadola de Cavaco
   
«“O poder serve o povo” afirmou Cavaco Silva, em Pequim, à saída da Cidade Proibida, quando respondia a perguntas dos jornalistas, e momentos depois de ter convidado os partidos a uma“paz consolidada”. O Presidente da República está em Pequim, em visita oficial e esta quinta-feira à tarde [manhã de Portugal] foi recebido ao mais alto nível pelo presidente Xi Jinping.


“Viver isolado do povo não é boa coisa e ainda por cima fechado com 55 mulheres [entre mulheres e concubinas]. O imperador tinha dificuldade em resistir”, comentou Cavaco Silva no final da visita à Cidade Proibida, um complexo com vários palácios que foi sede do Império Chinês e onde viviam 100 mil pessoas. À entrada da Cidade Proibida está um enorme retrato do líder comunista Mao Tsé-tung que tomou o poder em 1949, data da constituição da República Popular da China. O complexo de grande dimensão e harmonia ostenta um sinal dos novos tempos: foi restaurado com suporte financeiro do American Express.»  [Público]
   
Aparentemente:

Eu cá tenho mais medo dos que só conheceram uma e ainda mais se for feiota.
     

   
   
 photo Hartum-2_zps897ba9d7.jpg

 photo Hartum-5_zpsed85b48a.jpg
 
 photo Hartum-4_zpsef74a928.jpg

 photo Hartum-3_zps371abc51.jpg
 
 photo Hartum-1_zpsf719a5df.jpg
 
 
     
blog comments powered by Disqus