segunda-feira, dezembro 16, 2013

Um problema de calibre

Passos Coelho tem razão ao armar-se em engenheiro da economia, coisa que deve ter aprendido com o Moedas, engenheiro de formação  especialistas em assuntos monetários por força do apelido, para concluir que o problema do país resulta de um erro de calibragem. Pois, com um governo deste calibre tudo tinha de correr mal.
  
Recorde-se o erro de calibragem que tinha o min istro Gaspar, era um governante de tal calibre que num dia queria dar um golpe na TSU e no dia seguinte deu um golpe no IRS. O homem era tão descalibrado que em vez de governar a partir de Lisboa parecia ter um gabinete em Berlim onde entre dois empurrões na cadeira do boche das finanças ia tendo orgasmos de austeridade para os portugueses.
  
Quem também tem problemas óbvios de calibre é a ministra da Justiça, para além de muitas vezes falar de forma claramente descalibrada, como quando prometeu o fim da impunidade em Portugal, ainda tem os instrumentos de trabalho descalibrados, foi por isso que se enganou a medir distância no Guia Michelin e fez asneiras na escolhas das comarcas a encerrar.
  
Nem, vale a pena recordar Miguel Relvas, esse tinha tudo descalibrado a começar pelas habilitações literárias de que se dizia possuidor. E para o seu lugar veio outro que só de se olhar para ele se percebe ali um problema de calibragem, Passos Coelho escolheu-o para assegurar que a máquina governamental obedecia ao mesmo calibre e foi o que se viu.
  
Quem também anda em rota totalmente descalibrada é o ministro Crato a quem já deviam ter feito o mesmo que se fazia ao baterista dos Marretas, já devia estar preso à cadeira, este homem é mesmo um descalibrado à solta e se não o agarram voltamos ao tempo da escola pública com o ensino obrigatório até à terceira classe.
  
Já nem vale a pela falar da descalibragem que foi o passeio policial nas escadarias parlamentares, o verdadeiro decalibro em que os estaleiros de Viana estão metidos, a descalibragem religiosa da santinha da Horta Seca que vê milagres em todo o lado. Isto anda tudo de tal maneira que até os amigos do governo sofrem de problemas de afinação, veja-se o caso do  decalibrado mental que foi para o estrangeiro dizer que a Constituição foi escrita pelo Vladimir Ilitch Lenin.

Com tanto erro de calibragem, com tanto governante descalibrado, não admira que a política deste governo seja um descalabro.




blog comments powered by Disqus