segunda-feira, janeiro 05, 2015

Umas no cravo e outras na ferradura



   Foto Jumento


 photo _banda_zpsfeb726f5.jpg

Esperando pela cerimónia, Palácio de Belém, Lisboa
  
 Jumento do dia
    
Marques Mendes

Seria bem mais interessante se Marques Mendes falasse sobre o caso dos vistos gold, domínio sobe o qual sabe algumas coisas. poderia, pro exemplo, informar-se junto do governo sobre quem é que telefonou ao ex-director do SEF, telefonema que levou o homem a ficar em prisão domiciliária por corrupção enquanto o corruptor cobarde não foi acusado de nada e não deu a cara em defesa do amigo.

«Luís Marques Mendes disse este sábado que José Sócrates "acha que influenciando a opinião pública influencia a justiça", numa reação às respostas que o ex-primeiro-ministro deu por escrito a seis perguntas feitas pela TVI. "José Sócrates tem dois tipos de defesa: a judicial e a da praça pública", acrescentou durante o comentário habitual ao sábado na SIC.

Segundo Marques Mendes, há uma explicação para que o ex-primeiro-ministro tenha escolhido este momento para fazer a declaração. "Dentro de algumas semanas vai ser decidido o recurso que José Sócrates apresentou." Para o comentador, há duas teses em causa. Enquanto a acusação defende que o dinheiro de Carlos Santos Silva é de José Sócrates, o ex-governante "vem dizer o contrário". "Quem tem de provar coisas é a acusação, o Ministério Público."» [Expresso]

 Dúvidas que me atormentam

O governo desapareceu e deixou este país desgraçado entregue ao Cavaco SIlva e à dona Maria?

 Corecção

Há quem diga que a direita conta com o governo e o presidente. É tempo de corrigir e dizer que a direita conta com o cúmulo dos órg´~aos de soberania, o governo, o presidente e a Procuradoria-Geral da República.


 Merkel ameaça a Grécia
   
«A chanceler alemã, Angela Merkel, está preparada para deixar a Grécia abandonar a zona euro se os gregos elegerem um Governo que elimine a austeridade em curso no país. A notícia foi hoje avançada pelo Der Spiegel.

O semanário alemão, que cita fontes próximas do Governo, surge três semanas antes das eleições antecipadas na Grécia e num momento em que sondagens mostram a liderança do partido da esquerda radical, o Syriza, de Alexis Tsipras, que prometeu reverter as reformas impostas pelos credores internacionais e renegociar o acordo de resgate do país.» [DN]
   
Parecer:

A campanha eleitoral grega vai ser dominada pela chantagem europeia que receia mais as consequências de uma saída grega do euro do que as consequências das suas políticas naquele país.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Espere-se para ver.»

   
   
 photo Jevgeni-5_zpsef7c8799.jpg

 photo Jevgeni-1_zps45417911.jpg

 photo Jevgeni-3_zps96469d55.jpg

 photo Jevgeni-4_zpsa1f394fc.jpg

 photo Jevgeni-2_zpscc33a2bd.jpg
  
blog comments powered by Disqus