domingo, dezembro 22, 2013

Semanada

Esta foi uma semana de palhaços e de palhaçadas, Portas ensaiou a sua palhaçada com o seu elogio da troika enquanto Seguro e Passos optaram por fazer uma palhaçada ensaiada com o famoso telefonema do IRC. Cavaco Silva deverá ter ofendido pelos louros do IRC irem para o penamacorense  e fez saber que telefone mais activo nas negociações terá sido dele. Mas o maior acontecimento circense foi a esquerda ter sido coberta mais uma vez, esperando-se que desta vez nasça mais um nado morto, um novo partido da esquerda fina, o 3D. Pouco ou nada e sabe deste partido a não se que Carlos Carvalhas quer ir para Estrasburgo sendo essa a factura que ele apresentará pelos seus préstimos em favor da unidade da esquerda.

O acórdão do TC relativo ao corte de pensões foi mais o que uma declaração de inconstitucionalidade, foi a afirmação de que a democracia não é refém dos mercados. Os juízes do TC fizeram questão de chumba a medida por unanimidade e e divulgar a sua decisão mundial "inconveniente" para os mercados e com Passos Coelho fora do país. Mas parece que o governo não terá aprendido a lição e diz-se que vai brincar ao gato e ao rato com os juízes. Só ainda não se sabe se Passos vai a Bruxelas pedir a Durão Barroso para amedrontar os magistrados ou se o adiantado mental volta a ira à América falar dos comunistas do TC que comem meninos e decidem com base nas obras completas de Lenine.
  
O país teve a oportunidade de sabe que Marques Mendes tem uma mana como deputada,a mana do conhecido garganta funda do governo fez um brilharete ao conseguir culpa o governo anterior de responsabilidade exclusiva nos swaps. Para a história pouco mais vai ficar que a deputada é feiota e tem menos recursos intelectuais do que o Ganda Nóia.



blog comments powered by Disqus