terça-feira, julho 02, 2013

Um governo em putefracção

Tudo o que está sucedendo é normal, um governo em adiantado estado de putrefacção cai de podre, cai aos bocados. É um governo de gente incompetente, que lá chegou com a ajuda de gente irresponsável e apoiado em gente sem o mínimo de sensibilidade. Levaram o país à ajuda internacional para depois serem mais troikistas do que a troika, agora que os portugueses foram sacrificados dão este espectáculo miserável.
  
Demitir o governo? Não.
  
Que governem com o apoio de quem lá os meteu, que seja Cavaco a assumir a paternidade desta situação política, foi ele que deu cobertura a intrigas, foi ele que fez discursos a incendiar o ambiente, foi ele que tudo fez para ajudar ao derrube de Sócrates. Esta situação é o resultado da actuação de Cavaco Silva, o governo deve continuar a governar para que no fim não seja apenas Passos a cair, sem a queda de Cavaco Silva o país não sairá deste lodaçal do cavaquismo.
  
Este governo tem todas as condições para prosseguir enquanto tiver o apoio do parlamento, mesmo que esse apoio não tenha qualquer relação com a realidade do país. Era esta a posição de Cavaco e esperemos que continue a ser. Passos Coelho deve cair mas será um desperdício para o país que caia sozinho, não faz sentido que Cavaco venha a dar posse ao governo que ele ajudou a derrubar. Haja decência, só resta a Cavaco resignar.
  
O espectáculo que esta direita está a dar é miserável, lá fora Durão Barroso ajuda na destruição da Europa, cá é Passos e Cavaco a fazer esse serviço. Miguel Sousa Tavares tinha toda a razão.
blog comments powered by Disqus