domingo, agosto 31, 2014

Semanada

Seguro, o político que acusa os outros de lhe copiarem as ideias, marcou esta semana com duas intervenções dignas da sua grande dimensão política. Foi para longe de Lisboa prometer uma estrada e perante o OE rectificativo fez uma intervenção digna de quem defende uma alternativa a esta política económica, disse com a grande graça que costuma ter que o seu amigo Passos Coelho passa a vida a fazer rectificativos. Se calhar é por isso que perde todos os debates quinzenais com o seu velho amigo.
  
A Maria Luís tem um azar dos diabos com os swaps que, vá-se lá saber porquê parece perseguirem-na ao longo da sua carreira política. Foi escolher alguém para vigiar as contas das empresas públicas e quem escolheu? Um velho amigo swapiano, um tal Joaquim Pais do Amaral, um velho gestor de swaps que resistiu dois ou três dias no cargo, o tempo necessário para se perceber que essa sua velha especialidade estava omissa no currículo. O líder da oposição ficou calado como de costume.
  
Agora que Passos regressou de férias e já deve ter tido tempo para arrumar os papéis era a altura de lhe perguntar quanto pagou pelo aluguer da casa de férias.
  
Um dia destes Portugal tem uma taxa de desemprego negativa, tal é o trabalho de manipulação estatística desenvolvido pelo governo. Sem crescimento económico a taxa de desemprego regista uma descida brutal, algo digno de propor uma candidatura da Maria Luís a Nobel da Economia. Já que não abichou o tacho na Comissão sempre podia ter a sorte de levar o prémio monetário do galardão atribuído pela academia sueca.
 

blog comments powered by Disqus