terça-feira, setembro 29, 2015

Andaluzes votam em Passos Coelho?

 photo _andaluzes_zpscdwcob8s.jpg

Vemos a "sondagem" da Intercamus para uma boa parte da comunicação social séria deste país e quase decidimos ir passar o fim de semana eleitoiral a banhos onde ainda houver sol, a direita via ganhar confortavelmente e está tudo decidido. O PAF vai abichar 37,9% dos votos, 30% por conta da merda que fizeram e 7,9% porque foram ver o simulador do reembolso da sobretaxa desenvolvido pelos informáticos da VW e concluíram que ara o ano estão dispensados de apostar no Eurmilhões.
  
Não é difícil de imaginar a azáfama que vai nas redacções sempre que cegam as boas novas da Intercampus, aquilo deve ser gente a telefonar aos patrões e directores de informação para os tranquilizar, o país vai continuar nos eixos e já podem aumentar ao pessoal do jornalismo pois fizeram um bom trabalho.
  
O problema está em perceber como e que com tanta redacção, tanto director de informação e tanto jornalista a ler as sondagens e nem se dão ao trabalho de fazer contas. Os resultados são tão bons que o importante é publicá-los o quanto antes. Façamos as contas, 37, 9 dos pafiosos mais 32,1 do PS dá 70%, juntando os 21, 4 dos indecisos teremos 91,4%. Falta acrescentar 9,1 da CDU, já temos 100,5 e ainda nem sabemos quanto votos valem as cuecas da Joana Amaral Dias. Já temos mais votos do que portugueses, isto é para juntar tanto pafioso teremos que passar o Pulo do Lobo, no Guadiana, e arrebanhar uns quantos andaluzes!. Mas ainda falta acrescentar os 7,5 da Tina e os 3,9 do resto da rapaziada, tudo junto vai dar 111,9%.
  
Das duas uma, ou Portugal recuperou Olivença e ainda trouxe Badajoz e Cárceres para os castelhanos se deixarem de batalhas de laranjas e  brinquem à tomatada (mas não usem daqueles que a Manuela Moura Guedes descobriu que o famoso juiz os tem em su sítio porque em vez e tomatada ficam c om um campeonato de berlindes)  ou foi criado o circulo eleitoral a Andaluzia e corremos um sério risco de ainda ver o Marco António Costa armado em promotor imobiliário na Isla Mágica! A verdade é que são mais votos do que os portugueses e agora ficamos sem saber se vamos ter deputados eleitos mas sem dotação orçamental para s seus vencimentos ou se temos de chamar o juiz Alexandre para ele decidir quais são os que ficarão confinados (ainda que eu os preferisse ver confitados) a cadeira de casa por não terem assentos para os seus rechonchudos ditos cujos no hemiciclo de São bento.
  
 A seriedade do tralho e tão grande que a sondagem tem 11,9% de intenções de votos a mais e na sua ficha técnica podemos ler que "erro máximo de amostragem deste estudo, para um intervalo de confiança de 95%, é de ± 3,1%", isto é o excesso de intenções de votos e tr^s vezes maior do que a margem de erro e maior do que a distância do intervalo de confiança as 100% acrescido da margem de erro.
  
Pior ainda, na mesma ficha ficamos a saber qe   67% da população tem o antigo 7º ano ou mais dos quais 36,1% são licenciados!
  
E anda toda esta comunicação social supostamente séria, todos estes jornalistas supostamente honestos e todos os portugueses supostamente estúpidos a perder tempo com manipulações tão descaradas que nem se dão ao trabalho de fazer as contas! Alguém ainda tem dúvidas quanto a falta de honestidade dos sondageiros e dos imbecis que lhes encomendam o serviço? Mais grave, são trafulhas e ainda por cima descuidados e incompetentes!
  
Até parece que isto  a Síria e a maralha do Estado Islâmico de toda a Europa veio ca votar no PAF que com mais 11,9% dos votos pode muito bem passar de 26,9% para 37,9% de intenções de voto.


blog comments powered by Disqus