domingo, setembro 13, 2015

Semanada

Quase sem ninguém ter dado por isso a ministra Cristas foi ao pote da Segurança Social para calar os protestos do pessoal do leite que de um dia para o outro deixaram de se ouvir. Durante três meses o sector fica com os descontos para a Segurança Social, não sendo claro se os patrões ficam apenas com os descontos que pagam ou se também se apropriam dos descontos dos seus trabalhadores. EM tempo de eleições quem não chora não mama, os praças da PSP tiveram o seu estatuto, o pessoal da GNR calou-se com o argumento das eleições, os leiteiros ficam com os descontos, o pessoal da sardinha calou-se de um dia para o outro. O pote vai servindo para calar protestos em tempo de eleições e até Passos Coelho prometeu dar uma gorjeta ao pessoal do BES para que possam ir aos tribunais.
  
Esta foi uma semana dramática para a direita depois de Passos Coelho ter sido uma desilusão, pior do que a tareia que passou foi a imagem que deixou, um homem vulgar, assustado, sem ideias e sem um programa que em vez de ir para esclarecer os portugueses levava o bolso cheio de referências a Sócrates.
  
Enquanto António Costa sugeriu a Passos que fosse matar as saudades de Sócrates no 33 da Rua Abade Faria, a porta que tem mais jornalistas do que o n.º 10 da Downing Street, onde os estagiários da CM TV passam dias e noites de plantão para coscuvilharem toda a vida privada do seu político de estimação. 
  
O conhecido licenciado arvorado por João Duque em professor catedrático a tempo parcial 0% que por obra do governo e do negócio da EDP é agora um assalariado do Partido Comunista Chinês veio agora dar o dito pelo não dito, esqueceu-se da sua famosa comunicação às televisões em que quase dizia que o memorando de entendimento tinha sido um projecto da sua autoria. Enfim, de um tão famoso catedrático seria de esperar menos vaidade e mais coragem, mas para este senhor os valores éticos são uns meros pentelhos.
  
Afinal o corte nas pensões está mesmo previsto e a sugestão da morta-viva Paula Teixeira da Cruz só veio demonstrar que a coligação apenas sabe que quer cortar. O famoso sucesso no combate à evasão fiscal, trabalho dos técnicos da AT e do ex-director-geral  Azevedo Pereira de que o Núncio Fiscoíoólico se apropriou, dá para tudo, já permitia o reembolso de parte da sobretaxa, agora dá para compensar o corte nas pensões.

 
blog comments powered by Disqus