sábado, junho 15, 2013

Jumento do Dia

  
Cavaco Silva

Cavaco Silva parece cada vez menos um presidente para parecer subsecretário de Estado do ministro da Presidência ou mesmo um mero porta-voz de Passos Coelho. Este governo não é um governo de iniciativa presidencial, o Cavaco é que é um presidente de iniciativa governamental.
 
Cavaco tenta iludir a realidade ignorando que o seu amigo Catroga se gabou de ter tornado o memorando mais exigente e qe o seu governo renegociou o memorando endurecendo-o por seis vezes seguidas e sem dar conhecimento aos portugueses. Pelos vistos Cavaco tem tido um papel mais activo neste processo do que seria de esperar de um presidente.

«O Presidente da República recusou hoje que o memorando de entendimento estejam a ser cumpridos"cegamente",sublinhando que têm sido feitos ajustamentos, apesar de ser necessário dar maior prioridade ao crescimento económico e à criação de emprego.

Numa entrevista à Euronews concedida no âmbito da visita que realizou esta semana às instituições europeia, Cavaco Silva recusa a ideia que os memorandos de entendimento estejam a ser cumpridos "cegamente", sem respeitar as consequências das medidas impostas.

"Não é isso que tem vindo a acontecer, na medida em que alguns ajustamentos têm vindo a ser feitos nos programas. Tem vindo a ser concedido mais tempo para os países saírem da situação de défice excessivo, o caso de Portugal", disse.» [DE]
blog comments powered by Disqus