terça-feira, março 04, 2014

Umas no cravo e outras na ferradura


 
   Foto Jumento
 

 photo Bairro-Alto_zps25ec4ffd.jpg
     
bairro Alto, Lisboa
  
 Jumento do dia
  
Zeca Mendonça, o guarda Abel de Miguel Relvas

O assessor de imprensa Zeca Mendonça parece estar para Miguel relvas tal como o famoso guarda Abel estava para Pinto da Costa, cada um tem o seu pitbull de duas patas.

Agora que alguns amigos simpáticos do Zeca enchem o seu facebook com elogios é bom recordar que o homem que começou como segurança não faz destas coisas sem querer, é ele próprio que diz "Meço as palavras, é a minha maneira de ser, se por acaso sou agressivo com alguém sou-o de forma consciente" [Público].

«Zeca Mendonça, assessor de imprensa do PSD, agrediu ontem à noite um fotógrafo da Global Imagens quando este tentava fotografar Miguel Relvas à entrada para o Conselho Nacional do partido.

Segundo a CMTV, que tem imagens do momento, Paulo Spranger, o repórter fotográfico da Global Imagens (do mesmo grupo do Diário de Notícias), saiu da área reservada aos jornalistas e, após ter sido repreendido pela segunda vez, foi pontapeado por Zeca Mendonça.

Este incidente ocorreu quando Miguel Relvas estava a entrar para a reunião do Conselho Nacional, órgão ao qual agora preside.» [DN]

«'Vamos pontapear o Zeca Mendonça' é a página satírica colocada no Facebook menos de 24 horas depois do assessor de imprensa do PSD ter dado um pontapé ao fotógrafo da Agência Global Imagem, Paulo Spranger.

Por agora a página tem meia centena de likes. É uma página que faz humor assumido com o episódio do pontapé, ao contrário de algumas páginas falsas criadas em nome de figuras públicas - como é o caso dos ex-Presidentes Ramalho Eanes e Jorge Sampaio -, cujo conteúdo leva alguns dos utilizadores do Facebook a acreditarem que são amigos virtuais dos antigos chefes de Estado.» [Expresso]

 
 Crise ucraniana a caminho da solução

 photo crise_zps12d1fb80.jpg
 
 O problema da Europa actual

É que no norte da Europa não há tomates e a senhor Merkel pode ter muito dinheiro mas também não os tem.
 
      
 A falir outros não há como a Alemanha
   
«As guerras têm a vantagem de ensinar--nos geografia. Mas seria preferível continuarmos sem saber onde fica a Crimeia e que a sua cidade de Sebastopol, apesar de ucraniana, é o único porto russo que não está gelado em nenhuma época do ano. Nesse porto há uma base da Armada russa. Fiquemos com esse primeiro facto: a Rússia e a Ucrânia têm muito passado comum. O suficiente para uma cidade ucraniana ter um porto que é o único que abre o Mediterrâneo à Rússia. Decorre do passado comum outro facto: aquela Ucrânia que nos têm apresentado como unanimemente ocidental não é homogénea. Nas fronteiras ocidentais ela é culturalmente ucraniana, nas orientais e na Crimeia, russa. Qual foi a parte de "não há bons, de um lado, e maus, do outro" que não perceberam? Ah, perceberam tudo, então expliquem à Alemanha que era melhor não ter acirrado uma das partes da Ucrânia contra a outra... Mas chega de más notícias, vou dar uma boa: não vai haver guerra. Sabem porquê? Porque nas guerras é necessário dois lados. E neste caso só um é certo: a Rússia não vai perder uma parte essencial de si. O outro lado, a União Europeia que acirrou, vai espernear com palavras mas não vai espingardar, por que não tem com quê. Então, a União Europeia vai ficar com um Estado falido nos braços. Como antigamente, a Alemanha perde mais uma guerra. Como recentemente, mostra que é boa a empobrecer os outros. Mas, valha a verdade, continua a saber vender Audis.» [DN]
   
Autor:
 
Ferreira Fernandes.
   
   
 Ucrânia: hambúrgueres alemães e gás russo
   
«"Parece-me que sem os pagamentos do gás e sem cumprir os compromissos, a Ucrânia não pode manter o desconto no preço do gás", disse o porta-voz da russa Gazprom à agência financeira Bloomberg, no seguimento das declarações do ministro da Energia da Rússia, que, de acordo com a agência de notícias russa, afirmou não ver razão para renovar o contrato que prevê a redução no preço que a Ucrânia paga pela energia vinda da Rússia - um acordo negociado em 2013 e que prevê uma redução no preço até março deste ano.» [Notícias ao Minuto]
   
Parecer:

Parece que os ucranianos ucranianos querem o melhor dos dois mundos.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Espere-se para ver como isto vai acabar.»
  
 Depois de Relvas foi a vez de Jardim
   
«Luís Marques Mendes avançou este sábado, no seu espaço de comentário semanal na SIC, que o líder do Governo Regional da Madeira havia sido convidado para n.º 2 da lista "Aliança Portugal" e que recusara.

Confrontado com esta informação, Jardim mencionou hoje existir "muita coisa para contar destas últimas duas semanas, coisas que até as pessoas ficariam de boca bem aberta", referindo que "vai contar tudo no conselho regional do partido".

E quando questionado sobre se este cenário seria uma forma de o afastar da vida política regional, o líder insular respondeu: "Dá-me a impressão que sim, mas nunca me deixei atrair por 'El Dourados'. Portanto, o meu compromisso é com o povo da Madeira e vai até o fim".» [DN]
   
Parecer:

Mas parece que o homem não aceitou ficar com vistas para o traseiro do Rangel.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sorria-se.»
   
 Barroso imbecil
   
«Durão Barroso considera que a opção por uma saída 'limpa' do programa de ajustamento fica facilitada caso haja um "consenso plurianual" entre governo e oposição em relação ao equilíbrio das contas públicas.» [Expresso]
   
Parecer:

Este presidente "defunto" da Comissão parece desconhecer que o limite ao défice está na lei pelo que dispensa consensos ou acordos plurianuais, o que ele quer é amarrar o PS à política do fugido Vítor Gaspar.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Mande-se o senhor comissário europeu português à bardamerda.»
   
   
 Galos da Índia
   
«Líderes dos 28 reúnem em Bruxelas na quinta-feira e implementarão sanções caso não haja desanuviamento.» [Expresso]
   
Parecer:

Até parece que uma Europa que depende da energia russa e da protecção americana está em condições de impor condições.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Dê-se a merecida gargalhada.»
     

   
   
 photo Haswa-Wedhaswara-5_zps235ae9e2.jpg

 photo Haswa-Wedhaswara-2_zpsb32e8c1c.jpg
 
 photo Haswa-Wedhaswara-1_zpscd7e5cf5.jpg

 photo Haswa-Wedhaswara-4_zps88bdb4f8.jpg
 
 photo Haswa-Wedhaswara-3_zps649c0f74.jpg

 
 
 
     
blog comments powered by Disqus