segunda-feira, junho 27, 2016

28-1=29

“A zona do euro são 19 países, eu espero que a Grécia não saia, mas se sair ficam 18 países. Quanto a isso eu não tenho dúvidas, mas é bom não especular” (Cavaco Silva)

Cavaco é uma personagem de um passado sombrio e muitos já se esqueceram do seu comentário a propósito de uma eventual saída da Grécia da zona Euro. Dizia essa pobre alma que se a Grécia saísse da zona euro esta deixaria de ter 19 membros para passar a ter 17.

Era assim a aritmética fria, calculista e provinciana de uma direita que transformou este país num país graxista que me envergonhou, um país que tentou beneficiar da desgraça alheia e que levou alguns dos nossos governantes a tudo fazerem para que a Grécia fosse tramada na negociações europeias.

Quis os destino que estes germanófilos em part-time estejam agora a ver sair o Reino Unido da União Europeia, conduzida por um partido pertencente à internacional europeia da direita. Agora já não fazem exercícios de aritmética e é pena pois com a muito provável independência da Escócia e uma eventual saída da Irlanda do Norte há uma grande probabilidade de termos um problema de aritmética para resolver, neste caso quem de 28 tira um fica com 29.


Imagino o professor Cavaco nas sua xanatas a caminho da Praia dos Tomates a meditar com a sua D. Maria que os tempos já não são outros e nem na aritmética podemos confiar.
blog comments powered by Disqus