quinta-feira, julho 07, 2016

A realidade segue dentro de momentos

No domingo ou ficaremos eufóricos ou cabisbaixos, mas até lá nem o jornal Observador vai estar interessado em saber se a agência de notação DBRS tem ou não a intenção de nos atirar definitivamente para o lixo, por agora o único caixote do lixo que queremos evitar é o do Europeu e lá já está o País de Gales, concretizando o Brexit na bola onde, como se sabe, não é preciso carregar no botão do artigo 50º.
  
Agora já falta a Maria Luí vir explicar a sua tese e demonstrar que se fosse ele Portugal também estaria na final, afinal, parece ter interpretado na política económica o plano de jogo do engenheiro Fernando, o que não admira, a senhora tem um conhecimento técnico tão profundo que lhe permite tratar o assunto ao pontapé. 

Tal como o engenheiro Fernando tudo fez para ficar em terceiro classificado e, assim, apanhar o caminho das pedras até a final, também a Maria Luís jogou o pior possível em 2015 para acabar por ser vencedora das eleições e ir à final onde teria de enfrentar o seu velho amigo alemão. No Europeu pode suceder o mesmo e, com alguma sorte, podemos ter de enfrentar uma selecção alemã onde uma boa parte dos jogadores já poderiam usar uma cadeira igual à do seu ministro das finanças.

Mas até domingo não existirá realidade, ele seguirá dentro de momentos.

blog comments powered by Disqus