quarta-feira, julho 27, 2016

Umas no cravo e outras na ferradura



   A mentira do dia


 photo Messi-blonde_zps3ec7moe6.jpg

O Jumento está em condições de garantir que Lionel Messi está a caminho do SCP e o jogador argentino está tão feliz com a possibilidade de trabalhar com o melhor treinador do mundo que já veio à Caparica, à cabeleireira que prepara a cabeça de Jorge Jesus, para adequar a cor do seu caelo às complexas ideias do seu novo treinador.
  
 Jumento do dia
    
Fernando Ulrich

Houve um tempo em que Fernando Ulrich falava como se fosse um ser superior, agora anda de conferência em conferência anunciando prejuízos e despedimentos.

«Fernando Ulrich, presidente do BPI, revelou hoje que a posição de balanço destas obrigações PT/Oi está fixada nos 23 milhões de euros, pelo que a entidade aplicou um 'hair cut' de 85%.

Ainda assim, Ulrich disse que a equipa de gestão do BPI tem "esperança" que seja possível recuperar um valor superior com estes títulos de dívida do Grupo Oi devido ao processo de recuperação judicial da operadora brasileira.

"Os títulos que nós temos vencem em março do próximo ano", especificou o gestor durante a conferência de imprensa de apresentação das contas semestrais do BPI.

Após impostos, as imparidades registadas com estas obrigações ascendem a 14,2 milhões de euros.» [Notícias ao Minuto

 Portugalidade?

A ordem pela qual os partidos foram recebidos por Marcelo Rebelo de Sousa foi segundo a dimensão do seu grupo parlamentark, começou pelo mais pequeno, o PAN, e acabou com o PSD. Quando recebeu os parceiros sociais Marcelo começou pela CGTP, será que o presidente considera esta organização a mais pequena de entre os parceiros sociais?

      
 Portugalidade?
   
«A aprovação do projecto para a renovação do Jardim da Praça do Império que exclui a manutenção dos brasões coloniais já originou uma petição. ‘Preservar a Praça do Império é defender a Portugalidade’ surgiu na passada sexta-feira e já reuniu mais de 900 assinaturas, as suficientes para concretizar o objectivo: chegar à Assembleia Municipal de Lisboa.

A iniciativa partiu de Rafael Pinto Borges, do grupo Nova Portugalidade, formado recentemente. “Temos de parar o processo de remoção da Praça do Império”, afirma Rafael Pinto Borges. O autor da petição, que junta figuras como o presidente da junta de Belém, Fernando Rosas, o deputado Filipe Anacoreta Correia ou o ex-presidente da câmara João Soares, defende que não é “justificado” um argumento estético ou histórico pela câmara municipal. De acordo com Rafael Pinto Borges, o processo mostra uma "má vontade histórica e ideológica".» [Público]
   
Parecer:

Associar portugalidade com colonialismo é achar que Portugal só existe desde o tempo colonial, bem posterior às descobertas.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Vomite-se.»
  
 Multa?
   
«Enttre os Comissários, há ainda quem argumente que a multa deve ser anulada, permitindo que Portugal e Espanha escapem a qualquer pagamento por terem derrapado nas contas públicas em 2015. Ao que o Expresso apurou junto de fontes comunitárias é esta a posição do Comissário Pierre Moscovici, defendida ontem na reunião dos chefes de gabinete.

No entanto, nem todos estão de acordo. Vários comissários não querem abrir o precedente da multa “zero”, que possa ser invocado por outros países incumpridores no futuro. Em cima da mesa, está agora a possibilidade de aplicar a Portugal e a Espanha uma multa entre 0,01% e 0,02% do PIB. No caso português seria o equivalente a uma fatura entre os 18 e os 36 milhões de euros.» [Expresso]
   
Parecer:

A multa é uma treta, serve apenas para penalizar a imagem externa do país.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sorria-se.»
  
blog comments powered by Disqus