terça-feira, maio 23, 2017

Umas no cravo e outras na ferradura



 Jumento do Dia

   
Marcelo rebelo de Sousa

Há poucos dias Marcelo tentou evitar que se atribuíssem méritos pelo crescimento económico, agora tenta impor a ideia de que o mérito da saída do procedimento dos défices excessivos é de todos. Para Marcelo o que importa é que o presidente seja ele, tudo o resto pouco interessa, para ele é a mesma coisa um défice conseguido com cortes inconstitucionais de salários ou pensões ou um crescimento associado a justiça social.

Não é um exercício inteletualmente honesto aquele que Marcelo faz, dizer que politicas absolutamente contraditórias têm o mesmo resultado ou que se complementam é uma forma de desvalorizar o debate de ideias e impede uma avaliação do desempenho dos governo. Marcelo parece tentar passar a ideia de que o bom é ele. Mas, o problema é que as selfies contribuem muito pouco para o crescimento económico, senão pediríamos a todos os portugueses para sorrirem e tirarem fotografias e em menos de nada acabaria o desemprego e a dívida estaria paga.

Veremos se quando algo correr mal Marcelo assume as responsabilidades ouy explica que a culpa é de todos os governos.

«O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou hoje que o mérito da saída de Portugal do procedimento por défice excessivo é "dos dois" governos, o atual e o anterior.

Questionado pelos jornalistas sobre de qual governo é o mérito da decisão da Comissão Europeia, Marcelo Rebelo de Sousa respondeu apenas: "dos dois". E escusou-se a fazer mais declarações.

O Presidente da República falava à saída da cerimónia de entrega dos prémios de jornalismo da AMI (Assistência Médica Internacional), na Fundação Calouste Gulbenkian, à qual também assistiu o líder do PSD, Pedro Passos Coelho.

Ao saudar a presença de Passos Coelho na cerimónia, Marcelo Rebelo de Sousa fez referência ao mérito "determinante" do ex-primeiro-ministro: "Hoje a justo título partilhando o júbilo de todos os portugueses por ter contribuído de forma também determinante para também para esse júbilo", disse.» [DN]

 Passos e a saída do procedimento dos défices excessivos

Se tudo o que Passos previu, a começar pela vinda do diabo, tivesse o mínimo de fundamento, se as suas críticas à política do Governo, se as suas previsões se tivessem concretizado, Portugal nunca teria saído do procedimento dos défices excessivos. A decisão da Comissão de propor esta saída obriga a que se conclua que Passos não teve razão nas criticas e previsões que fez ou que continua a fazer.

 Dúvidas que me atormentam

Aguiar-Branco já terá avançado muito na sua comissão parlamentar de inquérito que visa derrubar Mário Centeno, por causa do Domingues? Vá Lá Aguiar, faz qualquer coisinha!

      
 Se a moda das estátuas de jogadores pega...
   
«Rui Patrício, guarda-redes do Sporting e da seleção nacional, demonstrou um enorme orgulho ao ver uma estátua ser erguida em sua honra, na cidade de Leiria, que retrata uma das suas defesas no Euro2016.

"Quando entro em campo, Leiria também entra em campo. Estou muito orgulhoso por este reconhecimento, simboliza muito para mim. Obrigado à minha família, amigos e treinadores do Sporting. Sem eles não teria chegado aqui nem teria a minha estátua. Tudo se consegue com força e determinação, é preciso lutar pelos nossos sonhos", afirmou o guardião do Sporting e da seleção nacional.» [DN]
   
Parecer:

Se esta moda autárquica e regionalista de estátuas de jogadores da bola pega dentro de poucos anos as estátuas em qualquer cidade vão dar para fazer mais de uma equipa de futebol. Depois das rotundas parece que os autarcas investem agora em estátuas.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Dê-se a merecida gargalhada.»
  
 Grande Catarina Martins
   
«"As pessoas perguntam o que isto tem a ver com a nossa vida. Digamos que haverá menos pressão europeia para a necessidade que o país tem, imensa, de investimento público em áreas como a saúde ou como a educação", disse, reafirmando que o PDE "é uma das muitas absurdas regras da União Europeia".

Catarina Martins falava à chegada a Santarém, onde assiste hoje à apresentação dos candidatos do Bloco de Esquerda (BE) aos órgãos autárquicos do concelho nas eleições autárquicas de 01 de outubro, num movimento que integra vários cidadãos independentes.» [Notícias ao Minuto]
   
Parecer:

Tudo serve para a Catarina converter em mais despesa pública.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sugira-se à senhora que tenha juízo.»

blog comments powered by Disqus