domingo, maio 28, 2017

Umas no cravo e outras na ferrradura



 Jumento do Dia

   
Carlos Carreiras, um coelhista sem grande classe

Passos Coelho parece que quer que o seu enterro seja celebrado no dia das eleições autárquicas, entre muitas asneiras que já cometeu desde que deu início à pantominice ridícula do profeta do diabo, uma das maiores foi escolher o autarca de Cascais para coordenar a campanha autárquica.

O homem revela poucas qualidades inteletuais e quando fala parece mais um taberneiro do que um dirigente político.

«O coordenador autárquico nacional do PSD, Carlos Carreiras, disse este sábado, na Maia, que este partido está a fazer para as próximas eleições um processo “sério” e que a prova disso é que não foi “escorraçado por ninguém”, ao contrário do que aconteceu com o PS no Porto.

Carlos Carreiras, que falava na Maia, distrito do Porto, onde decorre esta tarde a Convenção Autárquica Nacional do PSD, começou por referir que os sociais-democratas têm a seu favor nas próximas eleições o facto de nesta disputa “quem ganha, governa”, para depois dizer que o partido “não foi escorraçado por ninguém”. Não referiu, contudo, qualquer outro partido ou caso particular que esteja a marcar a pré-campanha, como o caso da rutura entre Rui Moreira e o PS no Porto.

“Temos algo a nosso favor que é nas eleições autárquicas quem ganha, governa. Isto podia parecer uma coisa estranha mas como já tivemos oportunidade de ver não é assim tão estranho ou pelo menos não foi tão estranho há um ano atrás. Quem tem mais votos de facto governa e governa”, disse coordenador autárquico nacional do PSD.» [Observador]
blog comments powered by Disqus