terça-feira, outubro 21, 2014

Umas no cravo e outras na ferradura



   Foto Jumento


 photo Barbhadinhos_zpseac1dbaa.jpg

Convento dos Barbadinhos, Lisboa

 Imagens dos visitantes d'O Jumento

 photo Cabeleiras-1_zps64db1303.jpg

Cabeleiras, Senhora da Graça, Idanha-a-Nova [A. Santos]

 Jumento do dia
    
Rui Rio, empresário de negócios com o Estado

Para se defender de críticas em relação a uma adjudicação estatal feita a uma empresa sua Rui Rio defende-se dizendo que se estivesse em causa um favor o Estado teria recorrido a uma adjudicação directa, sugerindo que este é o procedimento utilizado por quem quer beneficiar os amigos. Rui Rio está muito enganado, precisamente por causa do seu raciocínio a melhor forma de favorecer um amigo é esconder esse favorecimento atrás de um concurso manipulado.

Rui Rio sabe muito bem que os concursos do Estado são muitas vezes manipulados, da mesma forma que sabe que não sendo um governante a decidir um resultado de um concurso a verdade é que os directores-gerias são, não raras vezes, paus mandados, eles igualmente escolhidos em concursos manipulados pelos governantes.

Não estando em causa a honestidade de Rui Rio, ainda que seria bom que os governantes e políticos no activo se abstivessem de ter empresas que vivem de negócios com o Estado, espera-se que o ex-autarca evite argumentos que sendo meras nuvens de fumo só instalam a dúvida.

«No seguimento da notícia avançada pelo i, que dava conta de que uma mudança nas regras de jogo levou a empresa onde trabalha Rui Rio a ser selecionada num concurso, o ex-presidente da Câmara do Porto emitiu um documento que intitula de “desmentido público”.

Reagindo à polémica, Rui Rio garante que o trabalho adjudicado à Boyden “foi comprado por bem menos de 70 mil euros, pelo que poderia ter sido simplesmente adjudicado por ajuste direto, se a intenção [do secretário de Estado Castro Almeida] fosse a de escolher só uma determinada empresa”.

Contudo, tal decisão não poderia ser tomada pelo governante, sendo para isso necessário o aval da Agência para o Desenvolvimento e Coesão (ADC).

Em reação, o responsável daquela entidade esclareceu, de acordo com o i, que foi selecionada a empresa Heidrick & Struggles, no concurso para a seleção de futuros gestores de fundos europeus, por apresentar a proposta mais baixa. E disse ainda que só depois da seleção surgiram novas indicações por parte do secretário de Estado.» [Notícias ao Minuto]

 Maria de Belém Roseira

Leio o artigo da senhora no CM sobre o OE2015 e sou assaltado por uma dúvida, como é que esta senhora chegou a ministra e a presidente deste país, ou será que estou sonhando?

 A dívida pública comentada

 photo Divida_zps76850f48.jpg

in O Portugal Futuro

      
 Até os patrões?
   
«“Portugal não aguenta ter eleições em outubro, o que vai significar viver a prazo, sem orçamento e sem planificação”, quem o diz é o presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), João Machado, em declarações ao jornal i, esta segunda-feira.

Os representantes dos setores empresariais portugueses, ouvidos pelo mesmo jornal, defendem, de resto, a mesma posição de João Machado: as eleições legislativas de 2015, previstas para setembro ou outubro, devem ser antecipadas. Em causa, está a preparação do Orçamento do Estado para o próximo ano sem o fantasma das eleições.

Mais prudente, a Confederação da Indústria Portuguesa (CIP) ainda apela à “estabilidade política”, deixou o aviso: “Se entrarmos em campanha em vez de governarmos com eficácia, então será preferível antecipar [as eleições]“. António Saraiva acredita que o Executivo começa a dar “sinais de cansaço” e de “desagregação” e teme que, por isso, os partidos entrem em campanha eleitoral numa altura decisiva para a economia do país.» [Observador]
   
Parecer:

Este governo vai ter um fim muito triste.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sorria-se.»
  
 Uma rapidinha governativa
   
«Numa nota divulgada por Belém, refere-se que o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, aceitou a proposta apresentada pelo primeiro-ministro de "exoneração, a seu pedido, do Dr. João Henrique de Carvalho Dias Grancho do cargo de Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário" e que foi tornada pública na sexta-feira.

"Nos termos da mesma norma constitucional, o Presidente da República aceitou a proposta que lhe foi apresentada pelo Primeiro-Ministro de nomeação do Prof. Doutor Fernando José Egídio Reis para o mesmo cargo", lê-se ainda na nota.» [Notícias ao Minuto]
   
Parecer:
Parece que para tachos governamentais há sempre voluntários suicidas.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Deseje-se boa sorte ao novo governante com contrato a prazo incerto.»

 Ministra hilariante
   
«"É meu timbre apurar responsabilidades e é isso que vamos fazer e depois atuar em função desse mesmo apuramento", disse, adiantando que vai decorrer um inquérito interno assim que for entregue o relatório do Instituto de Gestão Financeira e dos Equipamentos da Justiça.

Paula Teixeira da Cruz falava aos jornalistas à margem da Conferência "Os Direitos da criança. Prioridade para quando?", promovido pelo Instituto de Apoio à Criança para assinalar os 25 anos da Convenção dos Direitos das Crianças e que decorre em Lisboa até terça-feira.

Questionada se se colocava a hipótese da sua demissão, a ministra da Justiça disse que depois de todas as reformas feitas no Ministério da Justiça, qualquer pretexto seria bom para essa demissão.» [Notícias ao Minuto]
   
Parecer:

Esta senhora tentar disfarçar a sua incompetência lançando acusações duvidosas sobre incertos e agora promove inquéritos para inocentar-se a si própria.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sugira-se à ministra irresponsável e incompetente que restrinja o inquérito ao seu gabinete.»

 Os democratas que iam libertar a Síria
   
«Desta feita, dá conta o Daily Mail, foram encontradas imagens no telemóvel de um jihadista onde se pode ver uma bebé decapitada, mas também outras onde vários jihadistas a jogar futebol com cabeças de outras pessoas.

As imagens da bebé foram recuperadas pelos soldados curdos e mostram os momentos anteriores à decapitação da menina, com a bebé atirada para o chão, muito aflita com a proximidade da faca do seu pescoço.» [Notícias ao Minuto]
   
Parecer:

A verdade é que o Ocidente só atacou o ISIS quando este matou um americano e a Turquia tem usado esta gente para matar curdos.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Acabe-se com o ISIS até ao seu último bandido.»

 Grande Santinha da Horta Seca
   
«O ministro da Economia, António Pires de Lima, acusou nesta segunda-feira o candidato socialista a primeiro-ministro, António Costa, de ser um “fervoroso adepto” da criação de taxas de dormidas na hotelaria, garantindo que enquanto ocupar o cargo não haverá mais “taxas nem taxinhas”.

Pires de Lima afirmou em Braga, à margem do 25.º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo, que a criação daquela taxa é a “única ideia” do presidente da Câmara Municipal de Lisboa “que se conhece”, acusando-o também de assistir de “forma impávida” às cheias na capital.

O titular da pasta da Economia afirmou ainda que, “face à situação orçamental”, não foi possível diminuir o IVA na restauração, mas disse que o Governo “tem procurado evitar” a criação de novas taxas que “penalizem a economia”, nomeadamente o setor do turismo.» [Observador]
   
Parecer:

Com tanta caca que fazem isto já não é uma coligação, este governo apoia-se numa verdadeira culigação. Agora este ministro falhado já não promete alívios vários, a sua grande obra é impedir que o governo aumente ainda mais a austeridade e sem mais argumentos depois de atribuir o desastre da PT a Sócrates recorre á chuva para atacar António Costa. Este rapazinho andou anos a surfar nos orçamentos publicitários da Unicer, agora de que depende do seu real valor tem-se revlado uma nulidade.

Foi para meterem esta "encomenda" do Ports que correram com o sôr Álvaro?
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sorria-se.»

 Mais um que anda a ver organizações secretas
   
«Rui Rio acusa “setores que não serão alheios ao próprio partido e, quiçá, a alguma organização mais ou menos secreta” de estar por trás das últimas notícias do jornal i que dão conta de que uma empresa do ex-autarca do Porto terá sido beneficiada em concurso público.

“O objetivo foi muito claro: denegrir, neste momento concreto, a minha pessoa do ponto de vista político e profissional”, afirmou o ex-presidente da Câmara do Porto num comunicado emitido no fim de semana, dizendo que houve uma espécie de conspiração jornalística para o travar. Aponta o dedo a uma organização “mais ou menos secreta” que, diz, se move com “maior destreza” nos meios do jornalismo e que, por isso, pode ter alguma coisa a ver com “estas coisas” – leia-se, as notícias que, segundo Rio, procuram atingir o seu nome e reputação.

“Se assim não fosse, e se realmente tivesse havido alguma irregularidade – que não houve – o sujeito e o destaque da notícia nunca deveria ser eu, mas sim, o membro do Governo que a tivesse praticado. A invenção de uma alegada “empresa de Rui Rio”, e o exagerado ênfase dado ao meu nome, demonstram a infantilidade de quem não tem ainda know how suficiente para fazer “estas coisas” com a habitual sofisticação”, escreveu.» [Observador]
   
Parecer:

Dantes era o Alberto que acusava as organizações secretas que o atacavam, mais recentemente foi a incompetente da Justiça a sugerir que forças ocultas tinham citiado a justiça, agora é o Rui Rio que em vez de se explicar melhor inventa secretas. Agora já só falta vir o carlos Costa dizer que foram as organizações secretas a impedi-lo de actuar a tempo no BES.

Em vez destas manobras ou de explicações da treta sobre concursos seria melhor que Rui Rio se explicasse melhor.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sorria-se de dó.»
 Ministra corajosa!
   
«Paula Teixeira da Cruz assume que espera pelo relatório que irá apurar as responsabilidades pelo bloqueio do Citius e diz que se manterá no cargo até resolver "as coisas".» [DN]
   
Parecer:

Esta rapariga é mesmo muito corajosa, encomenda uma auditoria a ser feita por gente que depende dela e aguarda pelo relatório para saber se deve apresentar um pedido de demissão. Esta rapariga começa a dar sinais de que aquela cabeça começa a dar sinias de não aguentar.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Dê.-se a merecida gargalhada.»
  
 Governo chegou ao 69
   
«"Curioso número", disse um dia Mota Amaral quando, como presidente da Assembleia da República, se deparou com o 69. Será esse o número de secretários de Estado que já tomaram posse neste Governo quando, esta terça-feira à tarde, Fernando Reis substituir João Grancho como responsável pelo  Ensino Básico e Secundário. Desses, 40 mantém-se no Governo, 39 como secretários de Estado. Mas já lá vamos.

Nos 1218 dias do Executivo de Pedro Passos Coelho, Grancho é o 29.º secretário de Estado a abandonar essas funções. Contas feitas, em média, saiu um secretário de Estado a cada 42 dias. Dito de outra forma: a cada mês e meio, mais coisa, menos coisa. Como média, não é coisa pouca. Sobretudo, se tivermos em conta que Passos Coelho não gosta de remodelar, e que a única grande remodelação que fez, ainda que a contragosto, foi no verão passado, quando o Governo esteve por um fio, com a demissão de Portas.» [Expresso]
   
Parecer:

É um governo para maiores de 18....
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sorria-se.»

 Mas que grande pontaria
   
«O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, reiterou hoje a sua confiança no ministro da Educação e sublinhou a forma como Nuno Crato assumiu e resolveu os problemas da contratação de professores.

Confirmando que o ministro da Educação colocou o lugar à sua "inteira disposição", Passos Coelho enfatizou a forma como Crato se empenhou na resolução do problema da colocação dos professores.
"Só significa que acertei quando o escolhi para ministro da Educação", referiu.» [DE]
   
Parecer:

Passos teve muito boa pontaria na escolha dos seus ministros, começando pelo Crato e acabando na rapariga da justiça, sem esquecer o Aguiar dos drones.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Dês-e mais uma gargalhada.»

   
   
 photo Annabelle-Chabert-2_zpsa00ec0a6.jpg

 photo Annabelle-Chabert-1_zpsad5d0e76.jpg

 photo Annabelle-Chabert-5_zpsd2a78925.jpg

 photo Annabelle-Chabert-3_zpsd7bfea7e.jpg

 photo Annabelle-Chabert-4_zps28b78d50.jpg
  
blog comments powered by Disqus