quarta-feira, julho 22, 2015

Umas no cravo e outras na ferradura



   Foto Jumento


 photo _Castro-Marim_zpsvqsbmivy.jpg

Castro Marim
  
 Jumento do dia
    
Joana Marques Vidal

Compreende-se que a PGR tenha decidido investigar os negócios da PT de ha uns anos atrás a "pedido" da sua congénere brasileira, até que este pedido veio mesmo a calhar numa altura em que se tem a sensação de que a Operação Marquês vai saltando de pocinha em pocinha, produzindo muita informação difamatória mas poucas provas. O que não se compreende é que perante as dúvidas suscitadas pelos negócios entre a PT e o GES que os portugueses irão pagar com língua de palmo e onde há muitas dúvidas sobre o que se passou, a PGR não tenha sido tão expedita.

«A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirma investigações sobre a Operação Lava Jato e também sobre o caso relacionado com a PT. Em comunicado, o gabinete da PGR refere que recebeu das autoridades brasileiras um pedido de cooperação judiciária internacional, através de carta rogatória.

A solicitação insere-se no âmbito da Operação Lava Jato. A PGR acrescenta que existem investigações em curso relacionadas com a PT, as quais se encontram em segredo de justiça.

"No âmbito destas investigações, e de outras que venham a revelar-se pertinentes, o Ministério Público não deixa de investigar todos os factos com relevância criminal que cheguem ao seu conhecimento", conclui a PGR.» [Expresso]
  
      
 TVI24: um comentador obdiente
   
«Medina Carreira queixou-se em direto de não ter sido avisado que o programa Olhos nos Olhos, transmitido às segundas-feiras na TVI24 e no qual é comentador, seria mais curto esta semana. "Mas o programa está acabar porquê?", questionou em direto.

Ainda que tenha sido cumprido "aquilo que estava mais ou menos determinado", o jornalista Pedro Pinto explicou que as alterações estavam relacionadas com a "própria programação" do canal. Algo que Medina Carreira desconhecia. "Não sabia, não fiquei com isso claro. O próximo [programa] também é assim? Tenha paciência, mas informe-se", afirmou.» [DN]
   
Parecer:

A TVI24 cortou o programa de complementário de Medina Carreira e o comentador não protestou, manifestou surpresa e pediu para que o avisassem. Isto sim, é um comentador obediente e que por isso deverá continuar a merecer a confiança da TVI, não é como outros comentadores que não o deviam ser em causa própria e que em vez de comerem e calarem ainda se queixam de forma rebelde.

A TVI24 deveria incluir uma cláusula nos contratos com os comentadores obrigando estes a uma total obediência ao director de informação da estação de televisão.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Faça-se a sugestão à TVI24.»
  

   
   
 photo Vladimir-Chuprikov-1_zpsrg9lespo.jpg

 photo Vladimir-Chuprikov-4_zpsdgjcz8fs.jpg

 photo Vladimir-Chuprikov-5_zpskqoa9ezz.jpg

 photo Vladimir-Chuprikov-2_zpspyh94bdw.jpg

 photo Vladimir-Chuprikov-3_zpsn6w3y5nt.jpg
  
blog comments powered by Disqus