sábado, janeiro 27, 2007

A 10 razões porque voto SIM no Referendo


Antes de mais devo esclarecer que uso a palavra aborto sem preconceitos, é-me indiferente que lhe chamem aborto, IVG ou mesmo o termo mais usado pelo povo que é desmancho. Sou contra o aborto e quero que sejam feitos no menor número possível. A realidade é que o aborto clandestino não só é um mal condenável como deve ser combatido com firmeza e neste momento o debate já não está entre a vida e a morte, o haver ou não abortos, o que os partidários do "Não" têm vindo a dizer é que o aceitam e não querem prender as mulheres, desde que seja mantido na clandestinidade.

Deixo aqui as dez razões que me levam a votar "Sim" no referendo:

  1. Porque os partidários do “Não” estiveram tempo suficiente no poder para fazerem prova da sinceridade das suas propostas.
  2. Porque as leis são para aplicar e se for mantida uma pena de prisão é essa que os juízes devem aplicar. A solução do “Nim” apenas serve para liberalizar o aborto clandestino.
  3. Porque os custos psicológicos e físicos de um abordo clandestino, perseguido judicialmente e condenado socialmente são infinitamente maiores.
  4. Porque se os custos do aborto clandestino forem todos contabilizados (custos administrativos da polícias e tribunais, custos do tratamentos no SNS, perdas de horas de trabalho, etc.) são superiores ao do legal.
  5. Porque não me cabe a mim condenar uma decisão que à mulher diz respeito e muito menos impor as minhas convicções éticas ou religiosas não aceites pela generalidade da sociedade como padrão do direito penal.
  6. Porque o aborto clandestino estimula a criminalidade e favorece a evasão fiscal. Admitir o aborto clandestino ao sugerir que se mantenha a lei e fechem os olhos é alimentar o mercado paralelo da saúde.
  7. Porque desejo que o aborto clandestino seja combatido sem que as vítimas desse combate sejam as mesmas vítimas dessa má solução.
  8. Porque considero que manter a lei à custa da sua ineficácia serve para estimular o aborto mantendo-o à margem da sociedade.
  9. Porque é mais fácil tratar problema no SNS do que fazendo de conta que não existe. É mais fácil ajudar uma mulher atendendo-a no SNS do que mandando-a para a clandestinidade ou sugerindo-lhe que se dirija às instituições de caridade (onde muito dos partidários do “Não” usam para redimir os seus pecados).
  10. Porque não quero que o meu voto seja uma sentença condenatória para mulheres que não tenho o direito de mandar para a prisão, e muito menos que essa prisão sirva apenas para meu conforto condenando pessoas que não conheço em função dos meus conceitos e preconceitos religiosos. Quem sou eu para atirar a primeira pedra?

Umas no cravo e outras tantas na ferradura

FOTO JUMENTO

Loja no Brasil (foto enviada pelo amigo AM/Quebeque)

IMAGEM DO DIA

[Hudson Apunyo / Reuters]

«Aprendices de guerra. Dos hermanos, de 6 y 4 años de edad, desfilan con unos rifles de juguete en las celebraciones del nacimiento del Movimiento de Resistencia Nacional en Lira, Uganda.» [20 Minutos Link]

JUMENTO DO DIA


Os critérios de Marques Mendes

Quando o PCP substituiu o presidente da CM de Setúbal Jumento concordou com o PSD na exigência de eleições. Não vou defender que hajam eleições na CM de Lisboa, mas é cada vez mais evidente a ingerência de Marques Mendes na gestão da câmara, decidindo quem sai e quem fica, um procedimento em tudo idêntico ao que criticou em Setúbal, para o líder do PSD a CML não representa os munícipes, é uma coutada privativa onde escolhe vereadores, nomeia presidentes e administradores de empresas municipais, usa descaradamente os cargos camarários para alimentar a sua clientela sedenta de empregos que escasseiam enquanto o partido está na oposição.

O QUE MUDOU NA POSIÇÃO DA IGREJA EM RELAÇÃO AO REFERENDO

D. José Policarpo disse que a Igreja não iria fazer campanha dando indicações no sentido de que a Igreja Católica não se envolveria directamente na campanha, pouco tempo depois soube-se que o Papa não viria a Portugal e houve quem insinuasse que o chefe de estado do Vaticano estava descontente com o nosso país. É legítimo perguntar se a mudança radical na postura da Igreja, que se está envolvendo na campanha como se Portugal fosse um país da América Latina, representa uma mudança na sua posição ou se esta nova postura resulta de orientações do Vaticano.

Para alguns católicos essa intromissão quase evidente parece normal, mas para os portugueses laicos ou que sendo católicos não são fundamentalistas, a ingerência do Vaticano tentando impor na lei a sua concepção sobre o aborto é inaceitável, trata-se de uma ingerência imprópria e inaceitável desde o fim da velha Concordata.

Ganhe o "não" ou ganhe o "sim" que isso suceda por vontade dos portugueses e não em resultado de determinações do Vaticano.

OS PENETRAS DA CAMPANHA DO REFERENDO

Esta campanha está cheia de penetras, gente que aproveita o carácter não partidário deste acto eleitoral para ganhar protagonismo mas que devido a intervenções desastrosas acabam por favorecer o campo adversário, corre-se mesmo o risco de ganharem os movimentos que têm menos penetras.

Do lado do "Não" não falta estes penetras, desde o bispo de Viseu que disse que era capaz de votar sim a Marcelo Rebelo de Sousa que defende a despenalização quase até o dia do parto num malabarismo intelectual idiota para justificar o voto no não, para além do diácono de Alcobaça que vai passear a NS grávida, do diácono de Castelo de Vide que lançou uma fatwa contra os que votarem sim, ou o pároco que foi rezar pela vida no Terreiro do Paço, um local cheio de almas de pessoas assassinadas pela Igreja e o seu Santo Ofício.

Do lado do "Sim" também não faltam os penetras, com os deputados do BE a tentarem transformar o debate do referendo numa guerra privativa entre os seus deputados e a extrema-direita, ou uma senhora que aproveitou a apresentação do seu movimento para fazer interpretações da Bíblia.

São mais os votos decididos por intervenções desastrosas do que por opiniões fundamentadas, quem está a decidir este referendo são mesmo os penetras.

DÚVIDAS DO DIA

Três:

  • Se toda a gente é contra a penalização das mulheres que abortam porque defendem o não para manter as penas no Código Penal?
  • Se o feto é uma vida desde a concepção não seria lógico que os defensores do não exigissem que as mulheres que abortam devido a negligência durante a gravidez fossem condenadas
  • Estarei enganado ou a história do pai herói que foi preso é um grande embuste em que muitos portugueses caíram com a ajuda da comunicação social?

ANA, 14 ANOS, MORTA PELA "BOA" LEI

vale a pena ler o caso descrito por Fernanda Câncio:

«Ana estava de 20 semanas. Mais dez que aquelas que a pergunta do referendo prevê e mais oito que as 12 previstas na lei em vigor para casos de "risco para saúde física ou psíquica da grávida". Talvez, se Ana tivesse tido a ideia e a coragem de, com ou sem os pais, ir a um hospital às dez semanas de gravidez, um médico compassivo lhe tivesse resolvido "o problema", considerando que a gravidez numa menina de 14 anos pode constituir um grave risco para a saúde. Nunca saberemos. O que se sabe é que a lei não abre excepções para meninas de 14 anos - mesmo se, aos 14 anos, nem sequer se é imputável criminalmente. O que se sabe é que a lei diz que toda a gravidez "normal" que não seja entendida como fruto de crime de violação deve ser levada a termo, com carácter de obrigatoriedade e sob ameaça de três anos de prisão.» [Diário de Notícias Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Afixe-se.»

MAIS UM ARGUIDO

No caso Bragaparques que envolve a Câmara Municipal de Lisboa:

«A PJ constituiu arguido o dono da empresa que, em 2005, apresentou a melhor oferta para a compra de terrenos da Feira Popular, embora os 59 mil metros quadrados tenham ido parar à BragaParques. No mesmo processo, o vice-presidente da Câmara de Lisboa, Fontão de Carvalho, só não foi ainda constituído arguido por uma questão de estratégia da investigação.» [Correio da Manhã Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se ao eng. Carmona como se sente.»

"PAIS ADOPTIVOS" EXEMPLARES

A mãe da criança teve que contratar um detective privado para tentar voltar a ver a filha:

«Aidida Porto Rui recorreu aos serviços de um detective particular para descobrir o paradeiro de Esmeralda em 2003. Pelo menos a partir de Junho desse ano, a brasileira quis reaver a filha, mas as suas intenções esbarraram na recusa de Luís Gomes e de Adelina Lagarto, a quem a tinha entregue um ano antes.» [Correio da Manhã Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se às ex-damas que assinaram o abaixo-assinado o que acham desse comportamento.»

A IGREJA QUE NÃO FAZIA CAMPANHA

Promove procissão com a Nossa Senhor grávida:

«A marcação de uma missa e procissão com a imagem de Nossa Senhora da Esperança (grávida), para apelar ao ‘não’ ao aborto, está a dividir os cristãos de Pataias, em Alcobaça. O pároco convocou os fiéis através de um anúncio publicado na Folha Paroquial, mas o apelo deixou espantados muitos dos paroquianos.» [Correio da Manhã Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se ao pároco de Alcobaça se acha que isto é o Afeganistão do tempo dos talibans.»

QUEM MANDA NA CML É MARQUES MENDES

É ele que está decidindo quem fica e quem vai:

«O líder do PSD, Luís Marques Mendes, rejeitou ontem um cenário de eleições antecipadas na Câmara de Lisboa, defendendo que o executivo camarário "deve cumprir o mandato" para o qual foi "democraticamente eleito". Referindo ter "toda a confiança política no presidente" da autarquia, Carmona Rodrigues, o presidente social-democrata disse também esperar que as investigações "decorram normalmente e sobretudo com rapidez". » [Diário de Notícias Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se a Marques Mendes em que círculo eleitoral votou nas autárquicas e em que lista participou.»

O TLEBS VAI SER SUSPENSO

Uma vitória do blogue "Os Dedos" [Link]:

«O Governo vai suspender a nova Terminologia Linguística dos Ensinos Básico e Secundário (TLEBS) a partir de Fevereiro. O anúncio foi feito ontem pelo secretário de Estado adjunto da Educação, Jorge Pedreira, numa aparente contradição do que tinha sido afirmado ao DN, há menos de uma semana, pelo outro secretário de Estado da Educação, Valter Lemos.» [Diário de Notícias Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Que grande trapalhada.»

A ANEDOTA DO DIA

Marques Mendes acusa Menezes de fazer o jogo dos adversários:

«O líder do PSD, Luís Marques Mendes, acusa o presidente da Câmara de Gaia, Luís Filipe Menezes, de "gostar de fazer o jogo dos adversários" do partido.

Em entrevista ao programa "Palavra de Honra", que a TSF emitirá amanhã mas que hoje antecipa parcialmente, Marques Mendes deixa um curto comentário ao pedido da sua demissão por Menezes, colocado ontem no blogue do autarca, em luisfilipemenezes.blogspot.com.» [Público Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se a Marques Mendes em que equipa joga.»

TOM CRUISE É O ELEITO

Um Cristo para a igreja da Cientologia:

«Los esfuerzos de Tom Cruise para promocionar su fe en la iglesia de la cienciología han dado sus frutos. El actor se ha convertido en "El Elegido", una figura que se correspondería con Jesucristo para los cristianos.

El refrán de "el que siembra vientos recoge tempestades" no se puede aplicar en este caso a la estrella cinemátográfica que, aunque ha recibido duras críticas por su devoción casi fanática por la secta fundada por Ron Hubbard, ha conseguido convertirse en una figura de culto para los adeptos de esta fe, según ha publicado el diario The Sun.» [20 Minutos Link]

PORQUÊ 8% DOS CARNEIROS SÃO HOMOSSEXUAIS?

É o que pretende estudar um investigador americano:

«Un científico estadounidense que ha investigado la homosexualidad entre ovinos brega ahora por disipar las sospechas de que su trabajo apunta a modificar el comportamiento sexual de los humanos, indicó hoy el diario The New York Times.

Charles Roselli, de la Universidad de Salud y Ciencias de Oregón, ha examinado durante cinco años los cerebros de ovejas y carneros para determinar posibles factores fisiológicos que expliquen porqué alrededor del 8% de los machos buscan relaciones casi exclusivamente homosexuales, en lugar de con hembras. » [20 Minutos Link]

AS MARCAS MAIS INFLUENTES

Segundo a Brand Channel:

«Google volvió a ocupar en 2006 el primer puesto en la lista de las marcas que más influyen en nuestras vidas, un escalafón que elabora cada año la revista electrónica BrandChannel.com. El buscador deje de nuevo en el segundo lugar a Apple, en un escalafón en el que debutan como cinco de los mejores la Wikipedia o YouTube. En Europa, Ikea ocupa el primer lugar, seguida de Skype y Nokia.

BrandChannel pregunta cada año a un amplio grupo de expertos en marcas sobre la que en su opinión es la compañía que más impacto ha tenido en nuestras vidas. La encuesta no tiene en cuenta el poder económico de cada marca o su valor financiero, indicadores que normalmente sitúan a marcas como Coca Cola o Johnson & Johnson en lo más alto de este tipo de listado. El sondeo tampoco pregunta a los encuestados si el impacto a que se refieren es negativo o» [El Pais Link]

LADRA DESCUIDADA

Descuidou-se e tirou uma fotografia a si própria enquanto roubava a casa do vizinho, é caso para dizer que a curiosidade matou o gato:

«Una anciana se sacó involuntariamente una fotografía cuando robaba en el apartamento de su vecino la cantidad de 800 euros, por lo que no le quedó más remedio que reconocer la autoría del delito.

Los hechos ocurrieron en una localidad de Turín, al norte de Italia, cuando la mujer, de 69 años, vio que su vecino de enfrente se había dejado la puerta abierta y se coló en su apartamento.» [El universal Link]

OS PROFESSORES EFECTIVOS DO FISCO

Há quadros do fisco que ganham mais a "dar aulas" na banca do que o montante d prémio que a ministra instituiu para o melhor professor do ano:

«Existem vários funcionários da Administração Fiscal que recebem dinheiro de instituições bancárias, acumulando as funções de funcionários públicos com rendimentos provenientes do sector privado. Segundo apurou o Correio da Manhã, há casos em que esses pagamentos superam os 25 mil euros por ano e que duram há vários anos.» [Correio da Manhã Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se ao senhor ministro das Finanças se acha mesmo que são aulas que esses senhores estão a dar nos bancos.»

POSITIVO

O plano de regularização de dívidas da Segurança Social:

«O plano de regularização de dívidas, baptizado de Programa Viável, prevê um máximo de 60 prestações mensais. A lógica, explicada ao DN, aposta em prazos diferentes em função do valor da dívida, sendo que, quanto maior for o montante em falta, maior será o prazo de pagamento. Mas também em função da capacidade de cobrança de cada contribuinte, pois, tal como o seu próprio nome indica, pretende-se não apenas regularizar, mas viabilizar. E uma empresa que deixe de ser viável para pagar as dívidas cria um problema redobrado à Segurança Social: menos receitas de contribuições e mais despesa em subsídios de desemprego.» [Diário de Notícias Link]

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se quanto ganha o director-geral.»

O JORNAL TAL & QUAL FEZ JUSTIÇA

Pela primeira vez um jornal português deu-se ao trabalho de ler as estatísticas das receitas fiscais e descobriu quão enganosa é a publicidade do dr. Macedo e as notícias que faz passar nos órgãos de comunicação social do Millennium/Opus Dei:

«Discreto e parco em palavras – raramente dá entrevistas –, Paulo Macedo tem exercido o cargo de Director-Geral de Impostos de forma exemplar. A sua postura quase estóica no combate à fraude fiscal valeu-lhe rasgados elogios do ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, e um consenso quase generalizado sobre a sua competência para o lugar. Há quem mesmo entenda que até tem sido endeusado na Comunicação Social. Mas poucos saberão que um dos seus subdirectores, Nunes dos Reis, actualmente nos serviços de IVA, foi o último homem do Fisco a conseguir resultados capazes de impressionar uma opinião pública cada vez mais descrente na justiça fiscal. E, ao contrário de Macedo, Reis não contou com o aumento do IVA para 21 por cento, nem com os cortes nos benefícios fiscais do IRS, decisivos para a receita.

O_percurso de Nunes dos Reis, Director-Geral dos Impostos em Março de 1997, quando o Governo era chefiado por António Guterres, foi marcado por uma saída extemporânea do cargo, assim que Durão Barroso chegou ao poder. Manuela Ferreira Leite, então ministra das Finanças, anunciou no plenário que a sua primeira medida seria dispensar o Director-Geral, atribuindo-lhe responsabilidades pela fraca receita arrecadada. Mas esta não foi a única razão: a polémica decisão de aceitar acções do Benfica como forma de pagamento de dívidas fiscais, não lhe deixou margem para seguir no cargo.

Polémicas à parte, uma pequena análise é suficiente para perceber que Ferreira Leite estava enganada: Nunes dos Reis elevou a receita fiscal para valores que o país não voltaria a conhecer, nem mesmo com Paulo Macedo.

Apesar de um percurso descendente, fruto de uma crise que se começou a instalar nos finais de 1999, Nunes dos Reis conseguiu sempre receitas fiscais acima dos sete pontos percentuais. Comparando com os actuais valores de Paulo Macedo – que atingiu os 5.5 em 2005, e 7.2 em 2006 –, período durante o qual beneficiou do aumento do IVA e de cortes no IRS, dificilmente se voltará apelidar o actual director-geral de recordista das cobranças fiscais.
Enquanto director-geral, o aumento mais tímido que Nunes dos Reis conseguiu foi no ano 2000, quando já se adivinhava a queda de Guterres e era visível a crise económica. Pouco depois, nas autárquicas de 2001, o primeiro-ministro apresentava a demissão e generalizava-se o discurso do “país de tanga”. »
[Tal & Qual ]

OS FILHOS E OS ENTEADOS DO MINISTRO DAS FINANÇAS

O dr. Paulo Macedo, num gesto que só pode ser entendido de arrogância e falta de educação, marcou um encontro das chefias dos impostos para o Dia Mundial das Alfândegas. Pior do que isso, convidou a equipa ministerial mais o primeiro-ministro, e ao encontro aduaneiro apenas compareceu o secretário de estado e, como a falta de educação não ficou pelo Macedo, chegou atrasado. Ao que nos foi dito os funcionários da DGAIEC repararam no gesto desta equipa ministerial que parece não resistir ao perfume do Millennium.

NO "PHOTO-REPORTERS" [Link]

Imagens do luxo do avião de Putin.

IMAGENS DA CONTRUÇÃO DA TORRE EIFFEL [Link]


IMAGENS DE UM GLACIAR DE GELO TRANSPARENTE [Link]

PIXAR: ONE MAN BAND

ALKA SELTZER NO ESPAÇO

[Link]

NATASHA KLIMCHUK [Link]

KIRILL KRYLOV [Link]

OXANA DOBROVINSKAY [Link]

VODAFONE

[2][3]

CONDOR CHILD'S TOOTHBRUSHES

[2][3]