segunda-feira, abril 13, 2015

O país sem história

No caso Watergate uma boa parte da prova contra Richard Nixon foi produzida pelas gravações da suas conversas telefónicas. Mais recentemente assistiu-se polémica em torno da utilização por parte de Hillary Clinton da sua conta de e-mail pessoal. Isto significa que nos EUA há tudo fica gravado, sejam conversas telefónicas ou e-mails.
  
Já no que se refere a Portugal sabemos mais sobre o que se passava na corte de D. Afonso Henriques e das suas conversas pessoais do que se passa, por exemplo, nas reuniões de Quinta-feira entre Passos Coelho e Cavaco Silva. Em Portugal tudo parece ser da esfera privada e os portugueses são sabem o que sai nos comunicados das reuniões do Conselho de Ministros, no Diário da República, nos sites oficias e nas comunicações gravadas pelas televisões. Tudo o resto, o que mais importa, é literalmente apagado. 
  
Curiosamente, a Comissão Nacional de Protecção de Dados refere que um responsável da AT terá apagado emails. Mas se lermos bem a famosa deliberação percebe-se que não foram só os emails que poderão ter sido apagados, não se sabe em que dia reuniu a comissão, quais dos membros da Comissão aprovaram a deliberação, se a auditoria obedeceu a regras claras e ao que se considera serem boas práticas, etc., etc.  Mas regista-se como importante esta preocupação da CNPD e estando para breve uma mudança de governo seria uma boa altura para essa Comissão preparar uma auditoria ao Governo em matéria de registo de dados.
  
Lembro-me de quando o PSD de Cavaco Silva perdeu as eleições e o governo de Guterres tomou posse, o governo do agora Presidente da República, pessoa que como todos sabemos se gosta de apresentar como exemplar, deixou os armários vazios e os computadores limpos na secretaria de Estado do Orçamento, por onde tinham passado personalidades como Oliveira e Costa e Manuela Ferreira Leite. É esta a prática dos governos em Portugal, apagar tudo o que possa comprometer e fazer tudo para que os próximos governantes andem às aranhas durante um bom par de meses.
  
Esta apagar da história que se tornou uma prática dos governos não passa de um esquema de protecção dos governantes que nunca terão que assumir quaisquer responsabilidades. Veja-se  mais uma vez o caso da AT, o governo atirou dois altos dirigentes para a fogueira com o argumento de que tomaram iniciativas em matéria de segurança de dados sem informarem o governo e, portanto, sem quaisquer instruções.

Fica aqui um desafio a Paulo Núncio e a todos os membros deste governo, que tornem públicos os despachos dando instruções ou orientações aos dirigentes da Administração Pública. A verdade é que apenas são dadas instruções por meios de comunicação sem qualquer registo para que depois não exista qualquer prova, para que em caso de dificuldades se sacrifiquem os dirigentes da Administração Pública. Paulo Núncio que apresente o registo das trocas de emails ou das conversas telefónicas através das quais deu ordens ou instruções aos directores-gerais ou subdirectores-gerais  da AT!

Para que esta classe de governantes sem coluna vertebral possam dormir descansados Portugal é um país sem  história, um país onde não se sabe de nada a não ser o que é filtrado. Os portugueses só sabem o só saberão no futuro o que mais convém aos políticos. Tudo o resto foi eliminado em nome da cobardia dos governantes.

PS: A propósito do Dia do Beijo talvez os 10 beijos mais famosos da história:

 photo _Beijo_zpsgyo3lsnf.jpg

 photo Beijo-7_zpsqwnbn3ar.jpg

 photo Beijo-8_zpsy8jyl6w0.jpg

 photo Beijo-9_zpsyzmzoj63.jpg

 photo Beijo-1_zpsstltuldo.jpg

 photo Beijo-6_zps8ze45i4g.jpg

 photo Beijo-2_zpstjgzby7e.jpg

 photo Beijo-3_zpsia8b3kxq.jpg

 photo Beijo-4_zpsyxjxdcl0.jpg

 photo Beijo-5_zpsvn8jbvjj.jpg

Esclarecimento: o famoso "beijo" de Cavaco na mão de Letícia não foi incluído por duas razões, nada em Cavaco tem o que quer que seja de histórico e porque aquilo não foi um beijo, tecnicamente foi um chupão, a verdade é que Cavaco tem tanto jeito para os beijos como para comer bolo-rei!
  
Quando for criado o Dia Nacional da Chupadela Cavaco terá destaque na galeria, não só pela famosa chupadela que arrefinfou na Letícia (o homem mais parecia estar a sorver uma malga de canja), quer pela grande chupadela que ele e Passos tem dado aos portugueses.

 photo _Chupadela_zpsavbbc0vk.jpg
blog comments powered by Disqus