domingo, fevereiro 05, 2017

Semanada

Marcelo aproveitou a última notação da Fitch para mostrar o quão diferente é de Cavaco Silva. O ex-presidente insistia para que o país fosse obediente e respeitasse os mercados. Marcelo vai mais longe, chama a si o estatuto de porta-voz dos mercados e antecipa a divulgação das notações. Num tempo em que na América há uma senhora que inventa factos alternativos, por cá o antigo produtor da mesma coisa, que por cá eram factos políticos, não se lembre de se dedicar novamente a almoços de Vichyssoise e passe a fazer as suas próprias notações, lembrando os tempos do professor da TVI.

Esta foi a segura semana da era de Donald Trump e serviu para que o mundo confirmasse aquilo que já se tinha percebido, o homem é mesmo um doido, mas o mais grave é que a sua loucura está misturada com uma grande imbecilidade. As asneiras de Trump são tão grandes que até a sua alma gémea de Londres já se começa a demarcar e não tarda muito para que até a Le Pen se perceba que os disparates do louco de Washington podem pesar negativamente nos votos da extrema-direita francesa.

Quem deve andar muito incomodado com s disparates de Trump é Jerónimo de Sousa, no passado mês de Dezembro o CC do PCP reuniu com pompa e circunstância para decidir que em 2017 desencadearia uma campanha contra a a permanência de Portugal no Euro. Uma decisão que por si só já era um tiro no pé, em ano de eleições presidenciais francesas a colagem das propostas do PCP às ideias da extrema-direita francesa já era um problema, com o próprio Trump a segurar o estandarte do PCP Jerónimo deverá estar mesmo incomodado. A verdade é que já estamos em Fevereiro e ainda ninguém sabe qual o programa de festas do PCP em matéria de combate ao Euro.

Na sua primeira semana de presidente da CGD Paulo Macedo foi igual a si mesmo e já começou a tratar do engrandecimento da sua imagem. Se na DGCI levou muito tempo até visitar um serviço, na CGD não esperou nem uma semana. É normal que um presidente de um banco visite as suas agências, não é difícil de imaginar que isso suceda quase todos os dias com um dos muitos bancos. O ridículo é que um deles convoque toda a comunicação social para o filmar enquanto visita um balcão e diz umas baboseiras digna de um estudante do primeiro não de um curso de introdução à gestão bancária.

Depois de um ano a lançar a desconfiança em relação às contas públicas a UTAO decidiu chegar a números que quase ultrapassam os do governo pela direita. Por este andar ainda vamos a Dra. Teodora Cardoso a ir a fumar para a cama.

Passos Coelho estará doente? Desde há alguns meses que o governo governa durante os dias úteis e Passos Coelho faz oposição durante o fim-de-semana. Esta semana Passos Coelho baldou-se, não apareceu ao trabalho.

blog comments powered by Disqus