domingo, outubro 04, 2015

Umas no cravo e outras na ferradura



   Foto Jumento


 photo _grafitti-feliz_zpsihvg6kfp.jpg

"Eu quero ser feliz", grafitti, Lisboa
  
 Jumento do dia
    
Ministro Lambretas

Nem no dia de reflexão conseguimos estar descansados com as manifestações de incompetência vindas deste governo, agora sõ os desempregados a receberem notificações para reembolsarem montantes recebidos a mais. Registe-se o rigor da Segurança Social, rigor de que se esquceu no caso da dívida de Passos Coelho.

«Desempregados de diferentes zonas do país estão a ser notificados para devolver quantias do subsídio de desemprego devido à expedição incorreta de notificações geradas por um desfasamento no sistema que estão a ser reanalisadas.

A informação foi avançada à Lusa por fonte da Segurança Social a partir do caso de um desempregado de Alfândega da Fé, no distrito de Bragança, que, um mês depois de esgotado o subsídio de desemprego foi notificado para devolver metade, mais de 2.600 mil euros.

A fonte da Segurança Social garantiu à Lusa que todas as notificações “estão a ser reanalisadas” e que “o beneficiário em questão, bem como outros nas mesmas condições vão receber outra notificação dando conta se esse cálculo está correto ou não”.» [Observador]
  
 A última ajuda da direita ao PCP
  
 photo _ajuda_zpsmb7gtqva.jpg

Em pleno sábado de reflexão o jornal da extrema-direita fina liderado por velho redactor da Voz do Povo dá uma derradeira ajuda ao PCP. insistindo na estratégia da direita de tudo fazer para transferir votos do PS para o PCP, a única hipótese de se segurar no poder.
  
O PCP agradece, a direita fica com maioria no parlamento e Jerónimo de Sousa vai continuando a ajudar à destruição do qu resta do estado social gerindo aquilo a que chama maioria absoluta na rua, algo que não passa de folclore ideológico e que em 40 anos de democracia não apresenta nada de positivo para os portugueses.
  
Há algo de muito errado num partido comunista que é levado ao colo pela pior direita portuguesa desde 1974, este Partido Comunista Português desde quie a sua festa é visitada por MArcelo que é cada vez mais um POP, um partido oportunista português.

 Gostei de ver

Gostei de ver Carlos do Carmo dizer na cara da "santinha" Maria de Belém o que pensava da forma como anunciou que iria anunciar uma possível candidatura presidencial. Haja quem tenha copragem de dizer o que se pensa sem complexos ou sentido de conveniências. Foi bom alguém que não milita do PS chamar os bois pelos nomes a gente do PS que se sente uma espécie de nobreza!

 O apelo ao voto na direita no dia da reflexão

O Director do CM decidiu escolher o sábado que antecede as eleições para apelas ao voto na direita. Poderia tê-lo feito de forma frontal e até corajosa, está no seu direito dizer o que sente, mas não o faz dessa forma menos legal mas com alguma dignidade, escreve um texto que qualquer um assinaria com o título "Votar por, votar contra, mas votar". O curioso é ver qual a notícia que motiva o seu texto e essa notícia refere-se à campanha da direita e e tem como título "À procura da maioria até que a voz lhes doa".

Nesta direita de gente sem formação democrática vale tudo.

 No Raim's Blog: "Chegam os migrantes"

 photo _migrantes_zpsiahq5ihq.jpg

      
 Pobre José Eduardo
   
«Depois de se ter gabado no passado de ter sido responsável do pagamento dos salários dos funcionários públicos do Congo Brazzaville, São Tomé e Príncipe e Guiné-Bissau, Angola, pela primeira vez na sua história, deverá ter de pagar o 13º mês em três tranches. A derrapagem financeira angolana, segundo o Expresso apurou junto do Ministério das Finanças, é de tal forma significativa que o país deixou de ter capacidade para pagar em dezembro um salário suplementar.

O recurso ao pagamento por tranches, em consequência da crise de tesouraria provocada pela acentuada baixa do preço do petróleo, deverá entrar em vigor já a partir de outubro, segundo fonte do Banco Nacional de Angola. “É a única forma que temos para fazer face a encargos salariais anuais na ordem de 1200 mil milhões de dólares”, acrescentou.» [Expresso]
   
Parecer:

Está com sorte, pela foram como familiares e amigos enriquecem e exibem o dinheiro fácil seria mais provável que em vez de cortar no ordenado lhe cortassem a cabeça.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sorria-se.»
  
 Imbecilidade
   
«Através de um comunicado, a SAD leonina fez saber que suspendeu André Carrillo e ainda deu entrada com um processo disciplinar contra o médio peruano. Nesse comunicado, ao qual o site Mais Futebol teve acesso, pode ler-se:

A Sporting SAD reconhece ao atleta André Carrillo o direito de não querer renovar o contrato de trabalho desportivo em vigor até 30 de Junho de 2016 (…)Note-se bem que as sucessivas propostas apresentadas pela Sporting SAD sendo objecto de rejeição nunca mereciam uma qualquer contra-proposta, o que, com o decurso do tempo, se revelaria como uma postura negocial reiterada de má fé, como adiante ficará evidente”.

"Após o fecho do mercado de transferências e a presença do jogador junto da respectiva selecção nacional, o mesmo regressa e informa a Sporting SAD de que não quer mais jogar pelo SCP e que pretende sair do Clube a custo zero. É este o seu assumido intuito. 18. A Sporting SAD, registando a conduta desleal do seu jogador, comunica à sua Equipa Técnica que o mesmo recairá sob a alçada disciplinar e que vai remeter o assunto ao seu Departamento Jurídico". » [Notícias ao Minuto]
   
Parecer:

Parece que no SCP não aceitar a renovação de um contrato nas condições do patrão é motivo para processo disciplinar.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Dê-se a merecida gargalhada.»

 Mais uma besta de um Bush
   
«Na passada quinta-feira, a América assistiu a mais um tiroteio sem precedentes num campus universitário que causou a morte a nove pessoas e reacendeu a chama polémica sobre a aquisição e porte legal de armas pelos cidadãos norte-americanos.

Enquanto candidatos presidenciais como Hillary Clinton e até o republicano Donald Trump mostraram empatia para com o sofrimento das famílias e da comunidade universitária, Jeb Bush, antigo governador do estado da Florida e candidato à Casa Branca, respondeu de forma totalmente diferente.

“Às vezes estas coisas acontecem”, disse numa conferência de imprensa. Ao que reporta o britânico Independent, uma jornalista chegou mesmo a perguntar-lhe se não se tinha enganado no assunto, e a resposta foi igualmente fria.» [Notícias ao Minuto]
   
Parecer:

Nesta família ninguém se aproveita.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Vomite-se.»

 Entregaram a cultura a um comentador de futebol
   
«O documento que regista o momento-chave do hoje polémico “caso Crivelli” não é sequer um despacho, apenas a cópia de uma carta: “O Estado, através do organismo competente, e por força dos constrangimentos orçamentais com que se depara, não irá exercer o direito de preferência sobre a obra de pintura intitulada Virgem com o Menino e Santos […]. Nessa decorrência informa-se […] que foi deferido o pedido de exportação definitiva nº 218/2011 […].”

Foi através desta carta datada de 19 de Junho de 2012 e remetida para uma das suas moradas de Lisboa que o conhecido empresário Miguel Pais do Amaral ficou autorizado a vender no estrangeiro uma pintura única, protegida por lei e desde 1970 impedida de deixar Portugal. Como anexo, o empresário recebeu o único documento de facto assinado em todo o caso pelo então Secretário de Estado da Cultura (SEC) Francisco José Viegas: o formulário-passaporte que permitia à “Virgem portuguesa” atravessar a fronteira em direcção à galeria Jean-François Heim, em Paris, onde tinha uma oferta de compra declarada em 3,4 milhões de euros.

Viegas assinou esse formulário, idêntico a centenas de outros, a 18 de Junho de 2012. A carta, datada do dia seguinte, já foi assinada por Rui M. Pereira, o seu chefe de gabinete. Viegas nunca chegou sequer a despachar. Ou seja, nunca chegou sequer a formalizar devidamente a decisão. O hoje extinto Instituto dos Museus e da Conservação (IMC), que tinha o processo em mãos, soube da resolução a 22 de Junho, quando, por simples protocolo, recebeu uma cópia da carta dirigida a Pais do Amaral. Um ofício desde logo manchado por pelo menos um erro grosseiro: autoriza uma “exportação” quando o pedido de venda era para um país-membro da União Europeia, requerendo apenas uma “expedição”.» [Público]
   
Parecer:

Grande besta ou vendido aos interesses de um particular?
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Lamente-se.»

 O manhoso Paulo Macedo no seu melhor
   
«O INEM quer ter a funcionar em 2016 um novo sistema de informação e georreferenciação para melhorar os tempos de acesso do socorro ao cidadão, anunciou este sábado o presidente da instituição, Paulo Campos. 

"O projeto de 2016 vai ser claramente alterar o modelo de informação e de georreferenciação do pré- hospitalar", anunciou Paulo Campos, explicando que tal possibilitará "aumentar todo o sistema e melhorar os tempos de acesso ao cidadão de toda a estrutura medicalizada e não medicalizada do pré-hospitalar". 

Nas Caldas da Rainha, onde hoje participa no II Congresso organizado pela equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do hospital local, o presidente do Instituto Nacional de Emergência Médica anunciou também "um novo sistema de telemedicina" que contribuirá igualmente para a melhoria dos serviços. » [CM]
   
Parecer:

Manda um dos seus homens de mão fazer campanha no dia anterior às eleições.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Vomite-se.»

 Incompetência à solta
   
«Um erro de cálculo levou a que os trabalhadores da função pública tenham descontado mais do que o previsto na lei para a ADSE durante os últimos dois anos. O problema foi comunicado aos serviços numa circular informativa assinada pelo diretor-geral deste subsistema de saúde e a que o Dinheiro Vivo teve acesso.

As regras em vigor determinam que a contribuição deve incidir apenas no salário base, mas terá havido serviços em que o desconto teve também em conta os suplementos remuneratórios. A diferença é significativa perante o universo dos 494 767 beneficiários ativos deste subsistema de saúde, contabilizados em setembro deste ano. Na circular, o diretor-geral dá conta de que as entidades públicas terão agora de reembolsar os beneficiários pelo desconto indevido, fazendo retroagir o acerto a janeiro de 2013.

"As entidades que necessitem de efetuar correções dos valores dos descontos incorretamente apurados desde 1 de janeiro deverão fazê-lo" de acordo com um despacho datado de janeiro de 2011 e onde se determina que "as regularizações decorrentes da eventualidade de erro ou de qualquer acerto devem ser efetuadas pelas entidades processadoras de remunerações, pelas entidades empregadoras ou pelas entidades processadoras de pensões, consoante os casos, mediante compensação nas verbas a entregar no mês seguinte àquele em que o facto tenha sido verificado".» [DN]
   
Parecer:

Tanta asneira escondida durante a campanha eleitoral...
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sorria-se.»
 No melhor pano cai a "nódoa"
   
«O Vaticano condenou hoje um padre polaco por ter revelado a sua homossexualidade na véspera de um grande sínodo, considerando o ato "muito sério e irresponsável" e anunciou que será despojado das suas responsabilidades na hierarquia da Igreja.

O padre polaco Krzysztof Charamsa, oficial na Congregação para a Doutrina da Fé, não poderá prosseguir neste organismo após declarar a sua homossexualidade publicamente, revelou hoje o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi.

Numa entrevista publicada hoje no diário "Corriere della Sera", o jornal de maior tiragem nacional, o prelado assegura que é 'gay', que tem um companheiro e que se sente orgulhoso disso.» [DN]
   
Parecer:

A Santa Inquisição, agora designada Congregação para a Doutrina da Fé, já é o que era...
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sorria-se.»
  
 A difícil vida dos donos dos bordéis holandeses
   
«A partir de agora, os donos de bordéis e montras no Red Light District de Amesterdão poderão ser obrigados a dominar várias línguas se quiserem abrir ou continuar a gerir o seu negócio. O Tribunal de Justiça Europeu deu ontem razão a uma decisão das autoridades holandesas cujo resultado imediato é que tais empresários têm de ser entendidos pelas mulheres que para eles trabalham, noticiou a BBC News. O objetivo é combater os abusos e o tráfico de mulheres.

Quem quiser contratar prostitutas estrangeiras ou alugar montras naquele famoso bairro vai ter de saber falar a língua das contratadas ou outra que elas entendam. Este é o resultado de uma decisão das autoridades municipais da capital holandesa que recentemente recusaram atribuir licenças para novas montras de 'lojas de prostituição' ao dono de um bordel. Fundamento: as montras destinavam-se a ser alugadas a mulheres húngaras e búlgaras; o requerente não falava qualquer dessas línguas.» [DN]
   
Parecer:

O mundo está todo roto, chove como na rua...
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Dê-se a merecida gargalhada.»
  

   
   
 photo Liza-Buzova-4_zpsbxuprvud.jpg

 photo Liza-Buzova-3_zpskyooijso.jpg

 photo Liza-Buzova-5_zpsm8uib4ri.jpg

 photo Liza-Buzova-1_zpsp4rvjmas.jpg

 photo Liza-Buzova-2_zpsa3lavknk.jpg
  
blog comments powered by Disqus