domingo, junho 28, 2015

Semanada

A Grécia está à beira da bancarrota mas ao contrário do passado não vemos grandes manifestações nem gente com ar de quem sente dificuldades, enquanto noutras crises financeiras assistimos a imagens dramáticas de fome na Grécia de onde chegam notícias de muito empobrecimento as imagens que vemos é a de gregos a levantar molhadas de notas de 50 euros. Enquanto os gregos fogem com o dinheiro para outros bancos na Europa esta manda camiões de notas de 50 euros para encher os colchões do gregos.

O rapazola das taxas e das taxinha foi apanhado a brincara aos programas e programinhas, mas como sucede com os membros deste governo não teve a dignidade de assumir as responsabilidades políticas pelos seus actos ou pelos actos do seu gabinete optou por fazer o mesmo que a sua colega da Justiça, deu as culpas a um adjunto.
  
O Livre prepara-se para apoiar a candidatura de Sampaio da Nóvoa. Por este andar ainda vamos ver o António Costa a lançar a candidatura de Maria de Belém, uma conhecida comentadora da CMTV. Por falar em António Costa o líder do PS deve andar muito ocupado aa ainda não teve tempo de se pronunciar sobre a Grécia.
  
A extrema-esquerda grega nunca foi a favor da EU ou do euro e quanto ao seu amor à democracia no país que lhe serviu de berço isso não passa de retórica de ocasião. Pela forma como está conduzindo o processo está á beira da vitória, tira a Grécia do Euro e provoca uma mini crise europeia. O problema é que não fica apenas na bancarrota, o seu sistema financeiro vai ser arrasado pela falência dos seus bancos e o país entrará em colapso social, pondo em causa a sua  segurança. A Grécia joga com a Europa no plano geoestratégico, mas a verdade é que uma Grécia falida e cercada pelos vizinhos do Balcãs, pela Turquia, pela Síria e pela Líbia e sem dinheiro para pagar às tropas fica numa situação muito complexa. Parece que foram caçar e correm o risco de serem caçados.
  
Portugal deu cinco a zero à Alemanha e expulsou-a do euro sem precisar de nenhuma reunião do Eurogrupo.
  
O Sporting tem 10 milhões para comprar jogadores para a equipa de um treinador que custou muito mais. O Benfica prepara-se para vender um jovem que o agora treinador Sportinguista não achou estar à altura das suas equipa. Conclusão, um jovem se grande valor vale tanto quanto vai custar o grande treinador ao Sporting e vale mais cinco milhões do que o montante que o SCP tem para investir na equipa de Jesus. Ou estou muito enganado ou um dia deste vai ter de haver uma reunião extraordinária do Eurogrupo para salvar o Sporting, a não ser que o Bruno se lembre de convocar um referendo, talvez para expulsar todos os ex-presidente que ainda estejam vivos.

blog comments powered by Disqus