domingo, setembro 07, 2014

Umas no cravo e outras na ferradura



   Foto Jumento


 photo _Avante_zps5012fc6b.jpg

Festa do Avante (2008)
  
 Jumento do dia
    
Maria Luís, especialista em previsões económicas

A Dra. Maria Luís não sabe muito da economia mas já deve ter ouvido falar dos ciclos económicos, é por isso que com ar doutoral explicou aos putos de Castelo de Vide aquilo que é óbvio até para o cavalo do D. José, que virá aí crescimento económico, só que não sabe quando. Enfim, aqui fica o agradecimento à senhora pelo seu contributo para o debate.

Se num exame de política económica tivesse feito alguns dos comentários que a ministra fez em Castelo de Vide a esta hora ainda estaria tentando concluir a cadeira.

«“Vai haver um novo ciclo de crescimento, não sabemos exatamente é quando”, prometeu, sublinhando, no entanto, que “não será um caminho sem sobressaltos ou percalços”.» [Observador]

 Governo EUA: "Welcome to the "Islamic State"land


      
 Ridículo
   
«A poucos dias do primeiro debate para as eleições primárias no Partido Socialista, António José Seguro, atual secretário geral do PS, não poupa críticas ao seu oponente, António Costa. “Não faço acordos privados numa noite de São João ou de Santo António. A democracia não é isso”, afirma, numa entrevista ao jornal Expresso, publicada neste sábado, acusando Costa de se associar a Rui Rio, membro do PSD.

Seguro referia-se a uma entrevista de António Costa em que este dizia que o seu principal adversário não é nem o atual secretário-geral do PS, nem o primeiro-ministro mas Rui Rio, ex-autarca do Porto e em que em certos círculos do PSD é desejado como futuro líder do partido.» [Observador]
   
Parecer:

Seguro recorre aos velhos truques e acusações de todos os fracos.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sorria-se.»
  
 Aparelho do PS foge de Seguro
   
«Assim, contabilizando os resultados deste primeiro dia de eleições para as federações distritais do PS – e ressalvando que não significam nada em termos de eleições primárias, até porque os universos eleitorais são diferentes – em relação às federações em que houve disputas entre apoiantes dos dois candidatos às primárias, António Costa venceu em Aveiro, Leiria, Lisboa e Setúbal. Nestas federações António José Seguro venceu em Bragança.

Quanto às federações em que não houve confronto direto de dirigentes que manifestaram apoio a Seguro ou a Costa, apoiantes de Costa venceram em Évora, Oeste e Portalegre. Apoiantes de Seguro venceram no Baixo Alentejo, na Guarda e em Viana do Castelo.

As eleições para as 19 federações do PS – que abarcam os 18 distritos de Portugal continental e a Federação Regional do Oeste (no distrito de Lisboa) – disputam-se em dois dias, prosseguindo este sábado em mais oito federações distritais, poucas semanas antes das primárias do partido para a escolha do candidato a primeiro-ministro, marcadas para 28 de setembro, e que serão disputadas entre o atual secretário-geral António José Seguro e o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa.» [Observador]
   
Parecer:

Pobre Seguro.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Pergunte-se ao Galamba quantos votos teve em Lisboa e se perdeu por causa da tal família numerosa.»

   
   
 photo Tomasz-Zienkiewicz-1_zps51a5a0cd.jpg

 photo Tomasz-Zienkiewicz-5_zpsa15aee62.jpg

 photo Tomasz-Zienkiewicz-4_zpsf353c70d.jpg

 photo Tomasz-Zienkiewicz-2_zps7bae566c.jpg

 photo Tomasz-Zienkiewicz-3_zps2a55afbf.jpg
  
blog comments powered by Disqus