domingo, abril 28, 2013

Jumento do Dia


  
Álvaro Santos Pereira, ministro

Se alguém quiser definir resiliência, uma palavra na moda no nosso jargão político, aplicando-a ao governo será conduzido a Álvaro Santos Pereira, ministro da Economia. Só uma personagem como ele, que oscila entre o imbecil e um cristo cheio de lanças espetadas mas que recusa a crucificação, poderia resistir no governo.

Já foi ridicularizado pelo Gasparoika, viu o seu ministério perder um secretário de Estado da Energia chegando a confidenciar que o Mexia festejou a saída com champanhe, viu a sua cabeça ser pedida por Paulo Portas e no fim de tudo isto assume que a sua pasta é apetitosa, apesar de se saber que há muito deixou a categoria de prato principal para ser considerado um aperitivo.

Mas o destino tem destas coisas e agora que o governo anda desorientado o incompetente passou a ser o brilhante Gasparoika e o tal que era gozado foi o único no governo a falar de crescimento e o único trunfo que resta a este governo e ao seu tutor de Belém é o simulacro de concertação social. Se Álvaro Santos Pereira fosse esperto perceberia que este é o melhor momento para salvar a sua reputação deixando um governo incompetente entregue aos bichos e aos loucos que ainda lutam pelo poder dentro de um navio que está a meio de um naufrágio.

«Álvaro Santos Pereira, ministro da Economia, afirma que sabia, desde o início do mandato, que o seu ministério iria "estar sob fogo". Mas sublinha que também sabia o que era necessário fazer para atacar os problemas de competitividade do País e por isso nunca se deixou afetar pelos comentários que exigem a sua saída do Governo.» [DN]
blog comments powered by Disqus