sábado, março 26, 2016

Umas no cravo e outras na ferradura


      
 Uma boa notícia
   
«O secretário da Defesa norte-americano Ash Carter anunciou esta sexta-feira que as forças dos EUA mataram esta semana "alguns terroristas chave" do grupo Estado Islâmico, incluindo o "número dois" e responsável pelas Finanças, al-Qaduli, "um terrorista bem conhecido", que já trabalhou sob o comando de al-Zarqawi na Al-Qaeda no Iraque.

"Estamos a eliminar sistematicamente o gabinete (governo) do ISIS", disse Ash Carter, em conferência de imprensa no Pentágono.

"A remoção deste líder do ISIS vai prejudicar a capacidade do grupo de conduzir operações dentro e fora da Síria e do Iraque", disse Carter sobre a morte de Abd ar-Rahman Mustafa al-Qaduli, a quem se referiu pelo nome Haji Imam.» [DN]
   
Parecer:

É uma pena que os EUA se preocupem tanto com os chefes do ISIS, a verdade é que os terroristas que atacam a Europa e muitos dos que assassinam sírios são arraia miúda. Desagregar o ISIS eliminando a sua liderança é uma boa estratégia, mas tem o inconveniente de acabar por espalhar o mal. O ISIS tem de ser derrotado e eliminado na sua globalidade.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Que a terra lhe seja leve.»
  
 O outro lado da emigração portuguesa
   
«Vinham da Suíça para passar a Páscoa em Portugal, mas a viagem acabou tragicamente em Allier, no centro de França. A carrinha em que viajavam chocou de frente com um camião e os doze passageiros, todos portugueses imigrados na região de Lausanne, morreram no local. O condutor era um jovem português de 19 anos, que sobreviveu, e foi levado para o hospital em estado de choque.

Entre as 12 vítimas está uma família de Cinfães do Douro - um casal e a filha de sete anos - e ainda um homem de 34 anos do mesmo concelho. Há ainda três vítimas de uma aldeia perto de Trancoso, chamada Palhais, revelou o presidente da câmara de Trancoso. Pelo menos duas eram de Fajões, em Oliveira de Azeméis.» [DN]
   
Parecer:

Um mini autocarro que mais não era do que uma furgoneta de seis lugares, conduzida por um motorista com 19 anos, há aqui qualquer coisa de muito errado que nos deve levar a reflectir. Como é possível que doze emigrante viajassem nestas condições entre a Suíça e Portugal?

Esperemos que a empresa portuguesa que explora este esquema de transportes seja investigada sob todas as vertentes, começando nas licenças para a exploração de transportes à forma como cumpre as suas obrigações fiscais. É importante acabar com estes esquemas de negócios oportunistas.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Lamentem-se as mortes.»

 Marcelo e Costa
   
«A ideia é criar uma imagem de unidade nacional em torno das alterações ao Plano Nacional de Reformas e ao Plano de Estabilidade que terão de ser entregues em Bruxelas no final de Abril. Para isso, o Presidente da República e o primeiro-ministro estão coordenados e até contam com o apoio de Mário Draghi, o presidente do Banco Central Europeu, que vem a Lisboa dia 7 de Abril, para participar no Conselho de Estado.

Vejamos o calendário. António Costa vai passar terça-feira, quarta e quinta a apresentar as linhas gerais do documento ao país, ao Parlamento e à Concertação Social. Marcelo Rebelo de Sousa elegeu o assunto, em conjunto com o Plano de Estabilidade, para ser o tema do primeiro Conselho de Estado a que preside e que terá como quebra de protocolo a presença de um líder de uma instituição europeia, Mário Draghi.» [Público]
   
Parecer:

A verdade é que a relação entre Marcelo e Costa é melhor, mais e mais saudável do que a aberração de relação entre Cavaco e Passos.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Sorria-se.»
  
blog comments powered by Disqus