segunda-feira, maio 13, 2013

Jumento do Dia


  
Marques Guedes. ministro de Sadam ... perdão, de Passos  Hus...

Ao tentar convencer os portugueses de que não há divergências no governo Marques Guedes só pode estar a tentar imitar o ministro da informação de Sadam Hussein. Mas o ministro iraquiano não só tinha uma expressão mais engraçada quando dizia disparates, como nunca disse nada parecido com o que disse Marques Guedes a quem fugiu a boca para a verdade.

«Luís Marques Guedes defendia hoje que não existem divergências entre os partidos do Governo quando teve um lapso e disse que Paulo Portas era o "líder do principal partido da oposição".

Em declarações no final de uma visita às obras de melhoramento do Estádio Nacional, em Oeiras, Marques Guedes defendeu que o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, e o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, tiveram sempre a mesma posição sobre a contribuição de sustentabilidade, mas que a comunicação social tem sido envolvida "em algumas tricas" que geram "especulação".

Durante a declaração, o ministro chamou, por lapso, o presidente do CDS-PP, Paulo Portas, de "líder do principal partido da oposição".

"Eu acho que há aqui uma mistificação muito grande por parte de alguma comunicação social em torno desta matéria, a posição do Governo desde o princípio tem sido a mesma, conforme foi dito quer pelo senhor primeiro-ministro, quer pelo líder do principal partido da oposição e que faz parte da coligação de Governo, doutor Paulo Portas, nas comunicações que fizeram já há uns dez dias atrás", sustentou.» [DN]
blog comments powered by Disqus