sexta-feira, maio 24, 2013

Jumento do Dia


  
Cavaco Silva

Há limites para que um Presidente da República veja a imagem da instituição que representa segundo os seus critérios pessoais, a importância da Presidência da República está muito para além da dimensão humana do seu titular e não pode ficar condicionada pela dimensão dos seus titulares. Cabe a um Presidente da República a defesa da dignidade da Presidência não podendo confundi-la ou condicioná-la com a sua própria dimensão.

Cavaco permitiu que a sua Casa Civil conspirasse contra o regime democrático e perante as dúvidas teve dois comportamentos menos claros, permitiu que a mentira se propagasse tendo mesmo promovido interrogações adicionais e em vez de demitir quem abusou das suas competência ainda o promoveu, isto é,quem em Belém conspirou contra um governo legítimo foi premiado com uma promoção.

Cavaco foi acusado frontalmente por Sócrates e a resposta foi que não comentava comentadores, ignorou a acusação grave que lhe foi feita com um truque. Será que agora vai voltar a dizer que não comenta comentadores em relação à acusação que lhe foi feita por Sousa Tavares?

Se Cavaco não está em condições de responder a Sócrates ou a Miguel Sousa Tavares então teremos de concluir aquilo que é cada vez mais óbvio para muitos portugueses e que se reflecte nas sondagens, Cavaco não tem condições para levar o seu mandato presidencial até ao fim. É um presidente formal reconhecido por cada vez menos portugueses.

O que está em causa não é a abertura de um mero processo judicial para limpeza da honra, o que está em causa é o desempenho político de Cavaco e a sua responsabilidade no processo político em curso que está a degradar a democracia portuguesa. Em Portugal há o hábito de lavar a honra com processos judiciais, é um progresso em relação à vingança de sangue, mas é uma forma um pouco primária de iludir a realidade e de esconder responsabilidades políticas.
 
Algo está muito mal quando um Presidente da República precisa dos tribunais para ser respeitado por jornalistas respeitáveis, algo está mal quando alguém sugere que Cavaco é palhaço e a não ser o partido do seu governo ninguém veio a público defendê-lo. Cavaco tem sorte, o Código Penal não tem nenhum crime previsto para a incompetência presidencial, tem a livberdade para ser incompetente enquanto os que o elegeram quase não podem dizer o que pensam dele.
blog comments powered by Disqus