domingo, maio 26, 2013

Jumento do Dia


O Lambretas

O mais ridículo neste Mota Soares é invocar o seu estatuto de cidadão para fazer as declarações, como se na qualidade de ministro fosse mais liberal ou à esquerda.

«Pedro Mota Soares salientou este sábado que o grupo parlamentar do CDS-PP "foi o único em que não houve votos a favor" da coadoção por casais do mesmo sexo. Mas falou a título pessoal, não como ministro.

Pedro Mota Soares salientou que a adoção deve garantir o "superior interesse da criança" e observou que apenas na bancada do CDS não houve votos a favor da proposta do PS, aprovada no dia 1» [DN]
 
   
blog comments powered by Disqus