quarta-feira, maio 15, 2013

Jumento do Dia


  
Pedro Mota Soares, o "Lambretas"

Este governo perdeu a noção da dignidade e já nem respeita a credibilidade externa do país, é difícil de acreditar que o primeiro-ministro tenha escrito à troika, que o governo se tenha comprometido com uma medida e agora vem um ministro dizer que há um acordo feito nas costas dos portugueses assumindo que o que comprometeu com a troika não é para valer. Isto num dia em que se soube que o país se continua a afundar em recessão, tendo um OE assente em previsões falseadas.

«"Estou convicto de que a medida não será para avançar" garantiu o membro do Governo no debate parlamentar de carácter potestativo, pedido pelo PS, que ainda está a decorrer.

Mota Soares voltou também a frisar que este "foi o compromisso assumido pelo Governo e com o Presidente da República," acrescentando que o Executivo está "profundamente empenhado para que a medida não venha a ser aplicada".

O ministro respondeu assim às críticas do PS, que diz que "a dignidade dos portugueses não é facultativa" e que exigiu ao Governo que sejam desfeitas as dúvidas e que explique se a TSU sobre as pensões "é uma encenação de mau gosto ou uma realidade trágica", questionou Carlos Zorrinho.» [DE]
blog comments powered by Disqus