quarta-feira, maio 01, 2013

Umas no cravo e outras na ferradura



   Exposição: Fazendo pela vida na Rua Augusta
  
 photo ilusinista_zps0b17761f.jpg
  
Neste 1.º de Maio poderia escolher imagens de trabalho para inaugurar este novo espaço. O estereótipo do trabalhador nesta data é algum musculado ou uma mulher rechonchuda de faces vermelhas a lembrar as camaradas da capa da antiga revista "Vida Soviética", gente de queixo firme, olhando para ligeiramente acima da linha do horizonte, de preferência em direcção ao sol como se da luz nascesse o paraíso.
  
Mas preferi imagens de quem não tem o direito de sonhar com o paraíso, trabalham ou pedem na Rua Augusta, muitos não sabem mas até pagam taxas e têm imposto em dia, estão dispensados de emitir fatura e carregam com eles a factura de um país cada vez mais injusto, que de dia para dia atira cada vez mais gente para a valeta.
  
É gente diversa, com aptidões diversas, mendigos que ensinaram cachorros à força a suportar horas de sacrifício, artistas portugueses e estrangeiros, estátuas e ilusionistas, bem sucedidos e mal sucedidos, gente "normal" e gente que não nos acha "normal". Gente sem direito a 1.º de Maio.
  
Veja AQUI a exposição permanente.
 
   Foto Jumento
 

   photo pescador_zps4ff3be0f.jpg
  
Pescador da minha terra
   
Imagens dos visitantes d'O Jumento
 
 photo tourem_zps0988ae36.jpg
   
Aldeia de Tourém, Barrroso, os humanos partiram desta casa [J. Ferreira]   
    
 A receita

A direita oportunista, não toda felizmente, tenta apresentar o pacote de medidas que protege os privilégios dos mais ricos, os verdadeiros beneficiários e causadores da crise do país e do mundo, como a única solução para a crise. É uma solução que permite à Alemanha continuar a enriquecer graças a um modelo de união monetária que a favorece e a troco de umas gorjetas o PSD e o CDS aceitaram apoiar, chegando ao ponto de aceitarem a perda da soberania, designar ministros impostos por estrangeiros e trair o país.
  
Se a direita governamental aplica a receita, a direita presidencial, com grandes responsabilidades históricas, um cortejo de gatunos que enriqueceram no BPN, gente que conspira contra a democracia inventando falsas escutas, veio dar à receita económica consistência ideológica. A direita europeia não só tem afundado a Europa na sua estratégia como tem adoptado mecanismos para que a sua política se eternize. Cavaco aproveitou o dia da democracia para dizer aos democratas que esqueçam a democracia porque a partir de agora qualquer governo eleitos apenas servirá para aplicar a receita já decidida. Por isso não vale a pena antecipar eleições que serão tão inúteis agora como o serão no fim da legislatura.
  
O que a direita está fazendo é impondo um modelo de política económica para duas décadas e criando condições para suspender a democracia. Será que o povo e as instituições vão permitir a um governo que já não representa ninguém e um presidente que poucos reconhecem imponham este novo velho Estado Novo a Portugal. 
  
Começa a parece que esta direita quer levar a segunda parte da lição, já que parece que com a meia lição que levou no 25 de Abril não aprendeu tudo.

 SWAP

Num país a sério os criminosos que fizeram os negócios dos swap e os banqueiros e bancários seus cúmplices estariam na cadeia e cheios de sorte, noutras paragens estariam num qualquer Campo pequeno à espera da sua vez. Em Portugal estão no governo!
 
 A lição que veio de Itália

Mesmo em situação de crise a democracia funciona e funciona melhor quando à frente da Presidência está alguém democrata, competente e sem rabos de palha.
 
 Uma pergunta a Passos Coelho
  
Foi Cavaco SIlva que deu a Gaspar o mandato para decidir o futuro do país para além do fim da legislatura ou o DEO foi negociado com a oposição? Ou estarão mesmo convencidos de que o argumento contra a democracia defendido por Cavaco vai ser repetido no fim da legislatura para suspender as eleições.
   
     
 Deus lhe pague
   
«O Fisco já começou a reembolsar os contribuintes que entregaram a sua declaração de IRS via internet. Trabalhadores dependentes e pensionistas estão assim a receber reembolsos que ascendem a 90 milhões, num total superior a 171 mil famílias. Os pagamentos estão a ser feitos numa média de 22 dias decorridos desde a entrega da declaração, contra os 25 dias registados no ano passado.

Segundo dados da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), "os reembolsos estão a ser autorizados e pagos desde o passado dia 22 de Abril, abrangendo já mais de 171 mil famílias. Durante o mês de Abril, os reembolsos de IRS às famílias ascendem a cerca de 90 milhões de euros". As Finanças informam ainda que os pagamentos de reembolsos de IRS, entregue via internet, aos contribuintes estão a ser realizados com "toda a normalidade".» [DE]
   
Parecer:
 
O governo e o fisco insistem em apresentar os reembolsos como um favor, quando a verdade é que muitos governos manipulam a tabela de retenção na fonte para antecipar receitas pelo que o reembolso não passa da devolução de dinheiro que foi retido abusivamente aos cidadãos.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Agradeça-se tanta generosidade ao piedoso secretário de Estado da AT (não faz sentido designar por secretário de Estado dos Assuntos Fiscais a alguém que só tem a tutela de uma direcção-geral, a AT.»
      
 O Álvaro está a gozar com o país ou esteve fora?
   
«Álvaro Santos Pereira, que está a ser ouvido no Parlamento na comissão da Segurança Social e Trabalho, respondia a uma questão levantada pelo deputado do PCP, Jorge Machado, adiantando que não conhecer "nenhum acordo entre os parceiros sociais" relativamente a um entendimento para a actualização do salário mínimo nacional.

O ministro acrescentou mesmo que, nesta questão, "se as empresas acharem que estão em condições de o fazer que o façam", ao que a deputada do Bloco de Esquerda, Mariana Aiveca respondeu que a Álvaro Santos Pereira "lhe fugiu a boca para a verdade" acabando por deitar abaixo "o diálogo com os parceiros sociais".» [Notícias ao Minuto]
   
Parecer:
 
Este homem é uma anedota.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Dê-se a merecida gargalhada.»
   
 Outro com sentido de humor
   
«Um “País genuinamente aberto ao Mundo” é assim que o primeiro-ministro quer ver Portugal. Passos Coelho falava esta tarde na abertura das ‘Conferências do Estoril’ prometendo que “os nossos melhores dias ainda estão para vir”. O governante garante que “não” tem “dúvidas” que assim acontecerá, isto “se soubermos não fechar as nossas portas ao exterior”.

“Hoje a necessidade de aumentar as exportações é objecto de grande consenso”, afirmou Passos Coelho. No entanto, o líder do Executivo lembrou também que a “abertura da economia ao exterior não é alheia à abertura de outros sectores da sociedade”, dando o exemplo: “Além das nossas empresas, as nossas universidades também estão mais abertas”.» [Notícias ao Minuto]
   
Parecer:
 
Será que há alguém neste país que dê ouvidos ao que diz o imbecil de Massmá?
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Mais uma gargalhada.»
    

 E ainda outro doido
   
«O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira disse, esta terça-feira, no Parlamento que "chegou a hora, depois de uma política de emergência, dar oportunidade ao crescimento", comentando o que está contido no Documento de Estratégia Orçamental (DEO).» [NM]
   
Parecer:

Depois da emergência, diz ele...
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Mais uma gargalhada e um copo de água s.f.f..»



 A Benetton está em todas ... as misérias humanas.
   
«Um fotógrafo da agência francesa captou imagens de camisas azuis com a etiqueta "United Colors of Benetton" nas ruínas do edifício onde operava a fábrica de roupa New Wave Bottoms, que inclui o grupo italiano na lista de clientes disponível no seu 'site'.

Contactada hoje pela AFP, a marca italiana não respondeu, mas na semana passada, questionada sobre as suas ligações, a companhia informou que "pessoas envolvidas no colapso da fábrica no Bangladesh não eram fornecedoras do Grupo Benetton".» [Notícias ao Minuto]
   
Parecer:
 
Uma vergonha!
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Boicotem-se as marcas que exploram seres humanos.»
   

   
   
 photo Alexey-Volkov-S-6_zps03b56eec.jpg
  
 photo Alexey-Volkov-S-5_zpsa89a45a2.jpg
   
 photo Alexey-Volkov-S-4_zps48aa0a52.jpg
   
 photo Alexey-Volkov-S-3_zpsa2dbb211.jpg
  
 photo Alexey-Volkov-S-2_zps6b2625ac.jpg

 photo Alexey-Volkov-S-1_zps60775def.jpg
blog comments powered by Disqus