sexta-feira, dezembro 23, 2016

Umas no cravo e outras na ferradura




 Jumento do Dia

   
Carlos Encarnação, militante corajosos do PSD

Tudo o que está sucedendo no PSD e com o PSD era previsível no passado mês de Março, quando se realizou o congresso daquela partido, ainda que alguns acreditavam mesmo na vinda do diabo e ficaram em silêncio. Não se percebe que nenhum dos ilustres social-democratas tenha ido ao congresso dizer que o lema de Passos "social-democracia sempre" era uma mentira de alguém com teses económicas de extrema direita.

Passos Coelho ganhou o congresso com mais votos do que se fosse líder do PC cubano, mas por cá não há nenhuma ditadura e a única força de repressão que coagiu muitas personalidades foi o oportunismo. Onde estava Carlos Encarnação quando se realizou o congresso do PSD? Porque não enfrentou Passos? A resposta é simples, esperou para ver o que dava mais votos. Agora está preocupado.

Agora que começa a ser óbvio que PAssos está perdido aqueles que andaram calados ganhaam coragem.

«Os críticos internos do PSD começam a vir a público. O antigo vice-presidente do PSD, Carlos Encarnação, arrasou Passos Coelho em declarações à Antena 1, dizendo que Passos deve convocar a direção e o Conselho Nacional para discutir a situação do partido. E vai mais longe ao dizer que, dessa reunião dos órgãos nacionais, “provavelmente” sairia um “congresso extraordinário”, até porque, no PSD, “as pessoas estão inquietas”.

O antigo presidente da Câmara Municipal de Coimbra aconselha Passos “deve com a sua consciência questionar qual o seu papel. Será que estou a ser útil?” Falou ainda sobre o falhanço estratégico em Lisboa, dossier que deve levar o PSD a “bater com a mão na cabeça” e pensar no que está a fazer. Na mesma entrevista à Antena 1, Carlos Encarnação, comentou um eventual avanço do líder do PSD como candidato a Lisboa, dizendo que essa opção seria “a maior maior maldade que lhe podiam fazer, porque teria um mau resultado. Não acredito que ele, querendo conservar-se como líder, vá nessa.” Carlos Encarnação recusa-se, no entanto a propor alternativas a Passos.

Eu não discuto líderes. Na minha ideia, um líder destrói-se e um líder constrói-se por si próprio. Não vale a pena ajudar. Não vale a pena estarmos a atirar nomes para a fogueira e dizer que este é melhor que aquele. Não é essa a questão. O que eu sei é que isto não está bem e que com o caminho que levamos não chegamos lá. O país precisa mais de nós, nós PSD, nós sociais-democratas”, disse o ex-deputado.» [Observador]

 Responder ao atentado de Berlim

A única forma de responder ao atentado de Berlim é atacar com todos os meios o DASEH, eliminando os seus terroristas onde quer que estejam. Aquilo que fizeram em Berlim não é nada comparado com o que têm feito aos chiitas, aos curdos e aos cristãos da Síria e do Iraque, perante a passividade senão mesmo de uma Europa imbecil.

 Os lesados do BES

É preciso terem muita lata para depois do que se passou com a banca virem agora manifestar grande preocupação com a possibilidade de serem os contribuintes a pagarem aos lesados do BES. Até parece que não foram os contribuintes a pagarem todas as facturas liquidadas pelo governo de Passos Coelho.

É preciso também ter muita lata para se acusar o governo de ter aplicado um plano BE, quando o plano B de Passos foi o corte de vencimentos, o C foi a sobretaxa, o D foi o aumento do IVA sobre a electricidade e sobre os produtos alimentares e o plano E foi o corte de pen~soes. Mas não deixa de ser divertido ver Passos recuar ao tempo das eleições da JSD nas escolas secundárias e andar armado em Catarina Martins.

      
 AT quer acesso aos documentos do Football Leaks
   
«Os serviços tributários portugueses querem aceder aos documentos do chamado caso Football Leaks, com o objetivo de determinar se o estado foi lesado por clubes de futebol ou jogadores.

A notícia é esta quinta-feira avançada pelo Expresso, que faz parte do consórcio internacional de jornalistas European Investigative Collaborations (EIC), que analisa os milhares de documentos com dados financeiros do mundo do futebol revelados.

O semanário adianta que a Direção de Serviços de Investigação da Fraude da Autoridade Tributária (AT) já formalizou junto da rede EIC o pedido de colaboração, solicitando a facultação dos documentos do Football Leaks.» [DN]
   
Parecer:

Depois de a Espanha e da França o terem pedido.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Lamente-se o "ligeiro" atraso.»
  
 Trump inicia nova corrida ao armamento
   
«Donald Trump, o presidente eleito dos Estados Unidos, defendeu a expansão do arsenal nuclear dos EUA até que o mundo "ganhe bom senso".

"Os Estados Unidos têm de fortalecer e expandir fortemente a sua capacidade nuclear até que o mundo ganhe bom senso", escreveu Trump numa mensagem partilhada no Twitter esta quinta-feira, sem acrescentar outros detalhes sobre o seu ponto de vista em relação a este eventual reforço.» [DN]
   
Parecer:

Este Trump é doido.
   
Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Espere-se para ver.»

blog comments powered by Disqus