quarta-feira, junho 26, 2013

  
Vítor Gaspar

Parece que já nem Passos Coelho leva o ministro das Finanças a sério, num dia o ministro admite uma baixa de impsotos, no dia seguinte e no mesmo parlamento o primeiro-ministro diz que ficaria surpreendido se tal ocorresse.
 
Isto é um cesto de maçãs podres e a que mais resiste é precisamente a primeira a ter ficado picada.

«O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, admitiu ontem um cenário de redução da carga fiscal para os contribuintes cumpridores. Confrontado com tais declarações, Passos Coelho foi cauteloso e disse não querer assumir esse compromisso.

“Não me comprometo com resultados que não sei se vou conseguir garantir", afirmou o líder do Executivo no debate quinzenal no Parlamento. 

“Se me pergunta que o OE 2014 trará uma diminuição de impostos, o que lhe posso dizer, é que me surpreenderia muito se isso acontecesse", acrescentou ainda Passos, sublinhando, no entanto, que o Executivo está a trabalhar nesse sentido.» [Notícias ao Minuto]
blog comments powered by Disqus