domingo, janeiro 24, 2016

Semanada

 photo _barco_zpsz6vagrrl.jpg

Esta é uma semana marcada voltas e meias voltas, quanto a voltas que o diga Maria de Belém começou a campanha com sondagens que a colocavam em condições de discutir a segunda volta das directas do PS e terminada a campanha arrisca-se a ter um resultado digno de ir dar uma volta mais os seus direitos adquiridos. E enquanto o Sporting começa a segunda volta com Jesus a pedir para não lhe branquearem os dois pontos de avanço, dignos do melhor treinador do mundo e arredores, na política Marcelo quer que o campeonato tenha apenas uma volta pois não parece ter banco para a segunda, então depois da ruina do BES não há mesmo banco que lhe financie a despesa, e isto de andar nos mercados a comprar nabos e hortaliças fica caro, tão caro que nem mesmo um biscate de cabeleireira lhe chega para as despesas.

Quem também vai dar uma volta é Cavaco Silva cujo futuro político vai ser aparecer de vez em quando para chamar a atenção para os portugueses para o facto de já lhes ter dito alguma coisa, “eu avisei” dirá este JJ da política. A Maria Luís é como o Cavaco, depois da frustração de ter visto o Moedas ficar-lhe com o tacho em Bruxelas está criando calos no rabo nas bancada parlamentar, aparece de vez em quando se sente atingida na sua competência. Não é fácil largar o Eurogrupo e ter de aturar todos os dias aqueles deputados do PSD, passar de grande economista a modesta deputada com ar de ministra das Finanças no exílio.
 
A vida política portuguesa teve uma inovação, a partir de agora antes de apresentarem os orçamentos os governos passam a apresentar um esboço do orçamento, aliás, não seria má ideia antecipar todos os projectos governamentais opor esboços desses projectos. Passos Coelho tinha o hábito de soprar umas dicas para a comunicação social e quando as suas propostas chegavam ao parlamento já tinham sido discutidas na praça pública, agora vai suceder o mesmo com o OE, quando chegar a versão definitiva o assunto está esgotado.
 
E por falar em dicas esta semana terá deixado marques Mendes às voltas, já não bastava o desgraçado ter mesmo que pensar e falar no seu programa televisivo, já que perdeu o cargo de garganta funda do primeiro-ministro, como agora se soube aquilo que dantes já muitos sabiam, que é um poderoso gestor de cunhas e que os vistos gold tinham motivado o seu interesse. Esta coisa dos vistos estava-se a transformar numa sopa dos pobres para a tralha do PSD.
 
blog comments powered by Disqus